Aeronaves clássicas marcam o aniversário do Aeroclube de Campinas.

PR-TCP 01

O aeroporto Campo dos Amarais, na cidade de Campinas-SP, já foi palco de grandes eventos aeronáuticos que reuniram aviadores, entusiastas e famílias. Milhares de pessoas tinham a oportunidade de curtir um dia de acrobacias e descontração, observando belas sequências acrobáticas de importantes nomes da acrobacia e de diversos esquadrões de demonstração.

Nos últimos anos, porém, o aeroporto campineiro se viu distante dessa atmosfera festiva, restringindo-se aos esporádicos treinamentos de acrobacia dos pilotos locais, ou da equipe Extreme sediada em Amarais com seus clássicos motores radiais. O local perdeu a aproximação que possuía com a população local e cidades próximas, concentrando-se nos movimentos da aviação executiva e nos treinamentos das escolas de aviação.

Eis que em 2015 a mais tradicional dessas escolas de aviação, o histórico Aeroclube de Campinas, decidiu colocar um fim nessa agonia! Em um evento organizado em um curto intervalo de tempo de poucas semanas, a atual Diretoria do Aeroclube preparou a comemoração de seus 76 anos de existência, convidando o público a comparecer a um encontro de aviadores e aeronaves clássicas. E o encontro só não entusiasmou ainda mais os presentes devido à impossibilidade da realização de acrobacias (devido ao curto prazo de organização do evento, não foi possível obter autorização regulamentar para a realização de tal atividade).

 

 

Mas não seria essa limitação que reduziria o sucesso do evento. Superando as expectativas da organização, estima-se que passaram pelo aeroporto cerca de 7 mil pessoas! Quem compareceu pôde conferir passagens baixas da Esquadrilha Extreme e de outras aeronaves, além da presença de diversas aves históricas, tais como PT-17 Stearman, Fairchild PT-19, uma réplica de um P-51 Mustang, entre outras que você pode conferir nas imagens desta matéria.

O centro histórico do aeroclube, que conta com um variado acervo de fotos, objetos, jornais, maquetes, entre outros, também esteve aberto ao público, bem como o antigo hangar do aeroclube, batizado de Comendador Aladino Selmi. O hangar possui estrutura composta exclusivamente de madeira, trazida da Alemanha para uma feira industrial e posteriormente doada para a construção do aeroclube.

 

 

Os visitantes ainda tiveram a surpresa de observar de perto o belo T-27 Tucano especialmente pintado em comemoração aos 30 anos de existência do modelo de aeronave. Como a Esquadrilha da Fumaça ainda não retornou às apresentações regulares com as novas aeronaves A-29 Super Tucano, a Academia da Força Aérea deu esse gostinho especial ao público do evento.

Com base na organização e no sucesso observados durante as festividades, certamente podemos manter a expectativa de que teremos belos encontros aeronáuticos retornando ao Campo dos Amarais nos próximos anos. Fica aqui o agradecimento especial ao Aeroclube de Campinas por todo o empenho em aproximar novamente da cultura aeronáutica o público de Campinas e região!

 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é assessor de editoria do AEROIN.

2 Comments:

  1. Christopher Nascimento, Victor Hugo Brando , Amaury Ribeiro, Yuri Augusto Baricelli

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *