Aeronautas decidem por não aderir à greve, já os aeroviários confirmam paralisação.

O Sindicato Nacional dos Aeronautas, que representa os pilotos e comissários, comunicou através de seu Facebook que não irá aderir a greve. Já o Sindicato dos Aeroviários confirmou a paralisação em suas bases.




Em assembleia realizada nesta quinta-feira (27) em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre e Campinas, pilotos e comissários de voo decidiram não aderir à greve geral desta sexta (28) e encerrar movimentações para qualquer tipo de paralisação próxima.

A categoria que recentemente se desfiliou-se da CUT, mobilizou seus associados e foi para Brasília cobrar a retirada dos pontos que lhe afetam. A categoria foi excluída do artigo que permite a contratação por meio de contrato de trabalho intermitente. Desta forma, não haverá a possibilidade de pilotos e comissários serem convocados para trabalhar de forma esporádica, recebendo apenas por trabalho realizado. Isso afetaria diretamente a segurança de voo, já que estes profissionais necessitam do exercício regular da profissão para manter a proficiência.

Também foi acatada emenda que exclui a possibilidade de demissão por justa causa dos aeronautas que eventualmente perderem licenças, habilitações ou certificados para o exercício da profissão.

Aeroviários mantém decisão sobre greve

Os aeroviários irão aderir à greve. Aeroviários são os profissionais que exercem funções em empresas aéreas mas não são tripulantes, como os mecânicos aeronáuticos, agentes de check-in e de despacho. Por serem parte essencial à operação da aviação, a paralisação da categoria irá acarretar atrasos em diversos voos.

O Sindicato Nacional dos Aeroviários confirmou que os funcionários do Aeroporto Internacional de Guarulhos irão parar as atividades a partir da zero hora de sexta. Porém o sindicato não especificou quais outras bases serão afetadas. Espera-se que os funcionários dos aeroportos das principais cidades do país façam paralisação parcial ou total.

Companhias aéreas fazem plano de contigência

A LATAM Brasil, GOL Linhas Aéreas e Avianca Brasil informaram em seus comunicados (clique no nome da companhia para acessa-lós) que estão tomando medidas necessárias para evitar problemas, e que os seus passageiros com voos marcados para amanhã poderão remarcar os mesmos sem nenhum custo ou pedir o reembolso integral.

Já a Azul Linhas Aéreas informou que a programação para os seus voos de amanhã (28) segue inalterada e que está pronta para dar suporte total aos clientes.

Recomendamos que, independente da companhia aérea, o passageiro cheque o status do seu voo através dos sites e aplicativos das empresas aéreas.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e Bacharel em Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.

50 Comments:

  1. Parabéns aos aeronautas por não pararem!

  2. Sou a favor da reivindicação dos direitos, mas acho arriscado os aeroviários pararem. No outro estarão no olho da rua. Infelizmente as empresas entendem que “qualquer um” pode fazer esse trabalho, ao contrário de pilotos e comissários, que não se formam de um dia para a noite.

  3. Os aeroviários São concursados e não temem perder o emprego, por isso vão aderir a greve e com isso teram um dia a mais de folga!

  4. Alguém tem informações do 777 q pousou agora a pouco, cerca de 30 minutos atras la em Recife???

  5. “SE VC APOIA A CUT E O PT FAÇA GREVE AMANHA !!!! SERÁ COM O SEU DINHEIRO DO IMPOSTO SINDICAL !!!! EU VOU TRABALHAR !!!!!!! NOSSA BANDEIRA NUNCA SERÁ VERMELHA !!!!!”

  6. Parabéns aos pilotos e comissários! Sao pessoas conscientes que não vão na onda de sindicatos aproveitadores, dou um conselho a todos os senhores aero viários que vão parar se você perder o emprego o seu sindicato não vai sustentar sua família.todos eles estão interessados em virar candidato em 2018.

  7. Sindicato no Brasil só serve para usufruir em causa própria, e não ajudar o trabalhador.Tem que acabar mesmo esta contribuição sindical. Ao invés de trabalharem só vive querendo greve.

  8. Faço parte dos aeroviários é amanhã farei de tudo para chegar no aeroporto para cumprir com o meu trabalho de todos os dias. O país só melhora com educação e muito trabalho.
    Então amanhã estarei lá realiZando o meu trabalho☝✈.
    O que adianta tripulação sem agentes de aeroportos ahhaahhaha

  9. Sindicato na gru ah vi muitas coisas que não adiantou nada é uma massa para manipular os trabalhadores

  10. Aeroviário tentar fazer greve é o primeiro a ser mandato embora

  11. A maior prova de que o SNA realmente se preocupa com o direito dos Aeronautas, é que se desfiliaram da CUT!!!

  12. O que que os comissarios da Air France tem haver com isso ?!!

  13. Palhaçada por isso que o Brasil está e vai ficar essa

  14. Eu faço parte dos aeroviários. Estou no caminho para o meu trabalho. Não sou contra aos que estão na manifestação. Mas acredito o segredo de um país melhor é a educação e muito trabalho. Queimar pneu não resolve.Por isso , hj vou para o aeroporto trabalhar. Pq afinal tripulação sem agentes de aeroportos não são nadaaa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *