Aeroporto de Manaus inaugura seu primeiro free shop.

manaus_aerea_aeroportoeduardogomes

O Aeroporto Internacional de Manaus/Eduardo Gomes (AM) conta com mais uma opção de serviços aos passageiros internacionais. No último dia 3/12, o terminal ganhou uma loja da Duty Free Americas (DFA) na sala de embarque internacional, a primeira de conceito duty free (livre de impostos) do aeroporto.

Com 218,04m² de área, a loja faz parte de contrato iniciado em 15 de outubro de 2016, que prevê a atuação da DFA por dez anos, injetando R$ 2,7 milhões anualmente na receita do aeroporto. Para o gerente Comercial do Eduardo Gomes, Aldecir Lima, o contrato é também uma oportunidade para potencializar novos negócios. “Esperamos atrair mais investimentos para o local, visto que o empreendimento instalado é de grande importância”, relatou.

Segundo o superintendente do Aeroporto Internacional de Manaus, Usiel Vieira, com este negócio os passageiros de voos internacionais ganham mais comodidade, visto que a DFA proporciona agora uma loja exclusiva para este público.

A Duty Free Americas, conhecida também como free shop, comercializa produtos importados com valores inferiores aos praticados nas lojas de shopping, uma vez que eles são vendidos com isenção (duty free) ou redução de impostos (duty paid). Nas lojas podem ser encontrados diversos produtos de marcas internacionalmente conceituadas, como eletrônicos, roupas, bebidas, comidas, joias e perfumes, por exemplo.

Sala vip – Além do free shop, o Aeroporto Internacional de Manaus ganhou no último dia 1º/12 o Harmony Lounge, empreendimento da Travel Corp. Localizado sala de embarque doméstico, o local promete oferecer conforto, comodidade, entretenimento e sofisticação durante a espera para voos no terminal da Infraero.

O Harmony Lounge é um espaço no qual os passageiros poderão aguardar a hora do embarque de maneira confortável e diferenciada, desfrutando de buffet acompanhado de bebidas. Além disso, são disponibilizados aos clientes do espaço internet Wi-fi, livros revistas e jornais.

Segundo o diretor Comercial da Infraero, José Cassiano, este é um negócio estratégico para a empresa. “Para que o processo de embarque flua da melhor maneira, os passageiros sempre chegam com antecedência no aeroporto. Com isso, sempre sobra um tempinho livre e as pessoas que desejarem podem aguardar nesse espaço confortável e de qualidade oferecido pela Travel Corp”, disse.

 
Da Assessoria de Imprensa da Infraero.
 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é assessor de editoria do AEROIN.

4 Comments:

  1. Pior aeroporto que já tive…a única coisa boa foi spoter com aeronaves grandes…mas no dia que fui o ar não tava funcionado…num valor de mais de 35 graus

  2. Além de ser o pior; Meio atrasado né? ??

  3. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *