Aeroporto Internacional de Tabatinga completa 37 anos.

A Infraero comemora nesta sexta-feira, 31/03, 37 anos à frente do Aeroporto Internacional de Tabatinga (AM). Para fortalecer a segurança do país em meio à fronteira do Brasil com o Peru e a Colômbia, o terminal amazonense funciona como ponto estratégico de apoio às operações da Força Aérea Brasileira, do Exército Brasileiro, da Marinha do Brasil e do Departamento de Polícia Federal. Além disso, o aeroporto fornece suporte à aviação internacional por meio de acordos firmados entre o Brasil e países vizinhos.




Situado a 2,8 km do centro de Tabatinga – localizado no interior do Amazonas, na região do Alto Solimões, em meio à selva -, o aeroporto conta com um voo comercial, explorado pela Azul Linhas Aéreas, com destino a Manaus. A maior parte das operações é da aviação geral (táxi aéreo) e de voos militares.

A história do Aeroporto de Tabatinga tem início em 1965, quando foi construída uma pista para atender às necessidades e demandas do Correio Aéreo Nacional – apoiando logisticamente as comunidades civis instaladas na região. Em 31 de março de 1980, o terminal passou a ser administrado pela Infraero e chegou a operar de forma regular voos das então companhias aéreas Varig, Cruzeiro e Rico, que utilizavam aeronaves do modelo Boeing 737-200. Hoje a pista de pousos e decolagens do terminal tem 2.150 metros de comprimento por 34 metros de largura, e para atender a demanda, o terminal funciona das 6h às 18h. Em 2016 passaram pelo local cerca de 7 mil viajantes.

De acordo com o superintendente do aeroporto, Antônio Sabóia, o terminal tem um papel fundamental para a cidade e toda a região do alto Solimões. “O aeroporto cumpre uma função social de extrema importância, nos deslocamentos dos munícipes, indígenas e também nas missões de socorro, tornando-se uma ferramenta primordial no cumprimento da integração nacional, além do apoio para a segurança da fronteira oeste do país, com o deslocamento de tropas militares na área”, ressalta.

A Infraero ainda oferece a quase 70 jovens de comunidades carentes próximas ao terminal cursos para a formação em computação, como alternativa de um futuro profissional. É o programa “Usina de Informática”, que funciona desde 2014 com o apoio da prefeitura de Tabatinga

Melhorias

Foram entregues, no início do ano passado, as obras de reforma e ampliação do terminal de passageiros do Aeroporto Internacional de Tabatinga. Com investimento de R$ 20,48 milhões, as melhorias ampliaram a área do terminal de 1.065 m² para 5.221 m². Com isso, a capacidade operacional do aeroporto foi ampliada de 600 mil passageiros/ano para 1,6 milhão de passageiros ao ano.

 
Informações pela Assessoria de Imprensa da Infraero.
 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é assessor de editoria do AEROIN.