Afonso Pena ganha três novas opções de alimentação.

AppleMark

Neste início de ano, os passageiros que frequentam o Aeroporto Internacional de Curitiba/Afonso Pena ganharam novas opções de alimentação. Estão disponíveis no terminal três quiosques com opções de lanches típicos do Nordeste, Sul, Sudeste e até de Portugal.

No saguão de embarque, no 1º andar, foi instalado o quiosque Sabores da Casa, que comercializa produtos típicos de Pernambuco, como o tradicional bolo de rolo, biscoitos variados, salgadinhos de queijo, entre outros sabores. Também localizado no saguão de embarque doméstico, o quiosque temático Sabores da Terra oferece produtos coloniais e regionais, entre eles: doces, pimentas, temperos, patês, cachaças, sucos e produtos orgânicos.

Para o proprietário do quiosque, Edson Barbosa de Souza, esta é uma oportunidade de diversificar os negócios: “Já atuamos há algum tempo no aeroporto, mas como fornecedores de produtos, no ramo de distribuição. Participamos do Voo de Negócios, realizado aqui no aeroporto, onde surgiu a ideia de implantar o quiosque, e a experiência está sendo ótima”, disse.

Imagem: Divulgação / Infraero

Imagem: Divulgação / Infraero

Já na sala de embarque doméstico é possível encontrar os famosos pasteizinhos de Belém, uma iguaria típica de Portugal. O quiosque Mercearia do Português tem o formato de um bonde, o que chama a atenção e encanta os passageiros.

“O Aeroporto Afonso Pena foi recentemente ampliado e tem uma grande disponibilidade de áreas para quem quer investir em negócios nos ramos de alimentação, vestuário, turismo, entre outros. A área Comercial da Infraero mantém uma equipe preparada para receber futuros empreendedores, interessados em abrir um negócio no melhor aeroporto do Pais”, comentou o superintendente do Afonso Pena, Antonio Filipe Bergmann Barcellos.

Imagem: Divulgação / Infraero

 
Pela Assessoria de Imprensa da Infraero.
 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é assessor de editoria do AEROIN.

7 Comments:

  1. E os preços praticados continuam abusivos?

  2. Olha Rogerio Moreno, Simone Souza, São Mota…. tem um “elétrico” vendendo quitutes portugueses no embarque do CWB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *