Air India bate a Emirates, quebra recorde e agora tem o voo mais longo do mundo.

124

A Air India surpreendeu as companhias aéreas de todo mundo ao anunciar a sua nova rota para São Francisco, que a coloca como a atual detentora do voo regular sem escalas mais longo do mundo em atividade.

Até a metade deste mês, a rota de Nova Delhi para São Francisco estava ranqueada em segundo lugar entre as maiores distâncias percorridas por voos comerciais, quando a companhia decidiu por mudar a direção de sua rota: ao invés de cruzar o Oceano Atlântico, agora ela será transpacífica, ou seja, percorrerá parte da Ásia, sobrevoará o Oceano Pacífico, até chegar nos Estados Unidos; o que adiciona 1.400 km ao percurso.

A nova rota no sentido leste significa que o Boeing 777-200LR (Longer Range) voa 15.300 quilômetros, ou 9.506 milhas, ultrapassando o recorde de voo mais longo do mundo anterior que era da Emirates, entre Dubai e Auckland (14.193 km – 8.825 milhas). Mas por quê a companhia mudou sua rota?

Ela se beneficia de correntes de jato (jetstreams), que são ventos de alta velocidade em altitudes próximas à tropopausa, sendo possível completar o voo em ‘apenas’ 14 horas e 30 minutos. Uma das correntes mais importantes na Terra flui de Oeste para Leste, seguindo a orientação rotacional do planeta.

 

air-del-sfo-new-route-large

 

“Voar rumo Oeste significa enfrentar fortes ventos de proa, o que diminui a velocidade da aeronave em relação ao solo. Enquanto voando na orientação oposta encontramos fortes ventos de cauda, que nos levam ‘de carona’, aumentando a velocidade da aeronave”, disse o comandante da Air India que operou a nova rota à reportagem do jornal indiano Times of India.

O comandante da Air India também reportou que voando sobre o Atlântico normalmente se encontram ventos de proa de aproximadamente 24 km/h, tornando a velocidade da aeronave 776 km/h, enquanto na rota do Pacífico os ventos favoráveis ultrapassam os 138 km/h, o que faz a velocidade subir para incríveis 938 km/h.

 

Viagem no tempo?

A tripulação do voo recordista ficou eufórica com a nova rota. “Nosso avião decolou de Delhi na manhã de domingo no dia 16 e ficamos nessa data até o Japão, quando cruzamos a linha internacional e ‘voltamos’ para o dia 15 de Outubro. Quando chegamos em San Francisco era novamente manhã do dia 16”, completou um dos pilotos, que também informou que a rota de volta segue voando sobre o Atlântico, rumo leste.

Sendo assim, a Air India realiza uma volta ao mundo em seus voos para São Francisco, algo anteriormente feito apenas pela icônica PanAm.

 

Top 10 | Voos mais longos do mundo

  • Delhi – San Francisco, Air India, 9,500 milhas / 15.300km
  • Auckland – Dubai, Emirates, 8.819 milhas / 14.193 km
  • Dallas – Sydney, Qantas, 8.576 milhas / 13.802 km
  • San Francisco – Singapore, United Airlines, 8.446 milhas / 13.592 km
  • Johannesburg – Atlanta, Delta, 8.434 milhas / 13.573 km
  • Abu Dhabi – Los Angeles, Etihad, 8.375 milhas / 13.478 km
  • Dubai – Los Angeles, Emirates, 8.323 milhas / 13.395 km
  • Jeddah – Los Angeles, Saudia, 8.317 milhas / 13.385 km
  • Doha – Los Angeles, Qatar Airways, 8.290 milhas / 13.341 km
  • Dubai – Houston, Emirates, 8.151 milhas / 13.118 km

O voo não deve seguir no topo por muito tempo, pois a Singapore Airlines se prepara para nos próximos anos retomar as operações para Nova Iorque com a versão ULR (Ultra Long Range) do Airbus A350XWB, que cobre mais de 16.500 km (10.252 milhas terrestres) em 19h sem escalas, reativando a rota Cingapura – Newark, com duração de aproximada de 18h numa rota de 16.600km.

O Boeing 777 é detentor de outros recordes e marcas expressivas, como explicamos nesta matéria.

AEROIN, com informações do Telegraph.co.uk

André Le Senechal

Pesquisador apaixonado, piloto privado. Aluno de Aviação Civil na Anhembi Morumbi. Respira o ar do Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos. Assíduo praticante de Plane Spotting e Simuladores de voo.

34 Comments:

  1. Acho que não conseguiria passar tanto tempo assim em um avião, nem mesmo na First.

  2. Vem Singapore…com sua nova rota!!!

  3. Air índia e outro nível ❤️

  4. Ótima reportagem, parabéns ao aeroin

  5. Dormiria todas as 15hs, na real, acordaria pra comer.

  6. CHUPA EMIRATES AQUI É ÍNDIA PARÇA !

  7. Deus me livre 15 hrs dentro disto da para ficar enjoado de ficar dentro do avião se ônibus andei 17 hrs o máximo quase morri de tanto durmir kkkkkkkkkk

  8. Mano; mudar de oeste para leste aumentando 1,400 km num percurso não é pra qualquer um não. Boeing 777-200LR é um mito

  9. Olha aí Osvaldo Apipe
    Mais um p eu ficar monitorando! kkk

  10. parabens empresa aerea, so falta comprar o 747_8 otima noite a todos.

  11. Impossivel nao acredito nisso kkkkk …

  12. So comendo curry e pimenta? Da nao rs

  13. O mais interessante é que a nave aumenta a velocidade e consegue ser mais econômica por utilizar a corrente de jato.

  14. Por isso que a Emirates está investindo em propaganda

  15. E a rota Dubai X Panamá, realizada pela Emirates, foi cancelada?

  16. Uma ótima empresa, ótimas aeronaves, um bom serviço de bordo. Parabéns a Air Índia.

  17. Pois é. .. vi isso ontem e pensei em vcs

  18. Só tinguirin crew pra aguentar os tinguirin

  19. Ótima matéria, amo a Air Índia, ótimos serviços e atendimento da tripulação impecável. Só poderiam colocar menos pimenta nas comidas. Kkkk.

  20. Pingback: Sete dos 10 voos de maior duração do mundo são feitos com Boeing. Veja lista completa. - AEROIN

  21. Pingback: Qantas anuncia voo para Londres e entra no top 3 voos mais longos do mundo. - AEROIN

Comente