Airbus prestes a anunciar o A380Plus, nova versão do maior avião do mundo

A menos de uma semana para a maior feira de aviação do mundo, o Paris Air Show (Le Bourget), fotos tiradas ontem e hoje mostram que a fabricante européia esta prestes a revelar uma nova versão do A380 com novos winglets e melhorias nos motores.




A foto postada no ínicio da tarde de ontem pelo usuário JPhilippe LEMAIRE no Twitter mostra um winglet diferente no Airbus A380, e muito similar ao winglet do tipo Split Scimitar feito pela Boeing e que é padrão no 737 MAX e algumas companhias adotaram no 737NG, 757 e 767. A GOL inclusive adotou em alguns de seus 737.

Já na manhã de hoje, 16, Lemaire publicou novas fotos, melhores e contrariando a teoria que seria montagem como algumas pessoas levantaram. Apesar do presidente da Airbus negar o lançamento de um A380neo ou uma versão com esse nome em específico, uma parte do logo do A380 está coberto, mostrando apenas Airbus A38 como você pode conferir abaixo:

Caso se comprove verdade, vai de encontro com a palavras do presidente da Airbus, Fabrice Brégier, que declarou no Media Day da Airbus na semana passada que a empresa não iria construir um então chamado A380neo, mas ao invés disso iria equipar o projeto atual com novos winglets maiores, novas asas e melhoras nos motores. Segundo o site alemão Aero.de, a imprensa francesa tem chamado a nova versão do gigante como A380 Plus.

Apenas os winglets poderiam proporcionar uma economia de 4% no consumo de combustível. Estes teriam um tamanho de 5 metros, e ao contrário do que está na foto tirada ontem, a asa seria maior do que a atual. Segundo Brégier, não existe caso para lançar um A380neo, mas as citadas melhorias na aeronave ajudariam a ganhar novos pedidos sem o custo alto de uma nova aeronave.

Fabricante dos motores dá pistas

Segundo o site da feira e como esperado, a Airbus iria exibir apenas um A380 na feira, como tem feito nas últimas edições, trazendo um avião de cada família (1x A350, 1x A321neo e 1x A380).

Porém no fim da noite de ontem, o twitter @A380fanclub questionou a Engine Alliance (joint-venture da General Eletric e da Pratt & Whitney) após ela postar que o A380 que fez o treinamento de demonstração para o show aéreo estava equipados com motores Engine Alliance (EA). O motivo do questionamento é que o avião que fez treinamento de manobras ontem é o primeiro A380 a ser fabricado, de matrícula F-WWOW e com motores Rolls-Royce.

Ao perceber o erro, a EA deletou a postagem no Twitter e esclareceu: “Procurem pelo A380 com motores EA GP7200 em exposição estática”. Este último tweet foi deletado pela EA às 10h24 de hoje, deixando mais suspende no ar.

Partindo deste pressuposto logo serão dois A380-800 na feira, sendo que o da foto postado por Lemaire é equipado com um protótipo dos novos winglets, sendo apenas uma idéia da versão final, assim como a Airbus testou alguns designs de winglets no A320neo antes da versão final. Esta tese é reforçada pelo fato que o A380 flagrado é o número de série 004, de matrícula F-WWDD, que foi doado ao museu do Le Bourget e que não voa mais. Os novos winglets seriam instalados apenas para demonstração na feira que é a semana do ano com maior vendas para qualquer fabricante.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e Bacharel em Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.

Um Comentário:

  1. O 737MAX não é Split Scimitar apenas os NGs qua sao. O MAX já é uma Winglet projetada especificamente para ele. E sobre o A380… Não é o Winglet final, assim como foi feito no A320 antes da atual Sharklets.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *