Air Europa quer inaugurar ponte aérea entre Miami e Havana.

Air Europa 787-8 artwork

A Air Europa anunciou hoje em seu blog que está pedindo às autoridades norte-americanas autorização para abrir uma ponte aérea entre Miami e Havana, capital de Cuba. Essa vontade vem num momento em que o presidente americano Barack Obama anunciou o fim do embargo de 54 anos a Cuba.

O objetivo é operar três ou quatro voos diários entre ambas as cidades e mira na enorme quantidade de cubanos que moram nos Estados Unidos (estima-se que 50% da população residente em Miami e arredores seja de cubanos ou seus descendentes. Mesmo não tendo evoluído nessa primeira etapa do projeto, a Air Europa teria interesse de outras rotas, como Nova Iorque-Havana.

A ideia desta ponte aérea nasceu em 2010 quanto a empresa de bandeira espanhola inaugurou o voo diário entre Madrid e Miami, uma rota altamente rentável para a companhia e que deve começar a ser operada pelos Boeings 787 (para 250 passageiros, incluindo 50 na primeira classe e executiva) tão logo a companhia os receba da fabricante.

Uma curiosidade, atualmente os voos na rota de Miami para Havana são utilizados somente por cubanos residentes nos Estados Unidos que se deslocam para a ilha somente em condições muito excepcionais ou em casos de urgências. Com o fim do embargo, uma das medidas que cai é justamente essa e, então, os cidadãos norte-americanos também poderão fazer turismo na ilha caribenha (hoje os americanos somente podem ir a Cuba por motivos culturais e de estudos e a aprovação é muito complicada).

Havana já se considera preparada para receber os novos turistas procedentes dos Estados Unidos e se declarou otimista de que o fim do embargo geraria mais emprego e bem-estar, além de por para funcionar o plano de recuperação do patrimônio arquitetônico da capital cubana, entre outras iniciativas.

Comente