ANAC nega operação de grandes jatos na Pampulha.

Foto: João Marcos Rosa | Nitro

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), durante reunião deliberativa na data de hoje, não autorizou a volta da operação dos grandes jatos no Aeroporto da Pampulha em Belo Horizonte, apesar do parecer técnico favorável.




O Diretor Presidente levantou as alegações da BH Airport, concessionária administradora do Aeroporto Internacional de Confins, considerou as mesmas válidas mas lembrou que a ANAC está ali para dar o parecer técnico. Ainda assim, devido a decisão do Conselho de Aviação Civil do Ministério dos Tranportes que limitou os voos da Pampulha para aeroportos regionais, a matéria foi considerada julgada e foi arquivada.

Sendo assim o aeroporto continua na situação atual com limitação de voos regulares com até 65 passageiros e destinos regionais.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e Bacharel em Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.

2 Comments:

  1. joseluizdacosta@bol.com.br

    Liberdade total à Pampulha. ANAC quer reserva de mercado, sendo assim monopólio dos aeroportos e combustíveis continuam. LIBERDADE AO MERCADO, JÁ

  2. Pingback: Avianca Brasil solicita voos para Belo Horizonte. - AEROIN