Avianca Argentina define aeronaves e rotas. Brasil está nos planos.

avianca-atr-72

Na manhã de ontem, chegou ao Aeroporto Internacional de Tucumán o presidente do Synergy Group, Germán Efromovich, com o objetivo de apresentar oficialmente o projeto que a Avianca Argentina tem para instalar um hub na cidade.

A companhia irá basear 4 aviões turboélices do modelo ATR 72-600 no Aeroporto de Tucumán, de um total de 12 que terá na frota. A companhia estima começar suas operações em Julho de 2017, assim que terminarem as obras de melhorias e ampliação do aeroporto. Além dos voos regionais na Argentina, a companhia irá voar para 5 países do continente, incluindo o Brasil.

A rota para Florianópolis será operada diariamente, e será uma extensão da rota que vai para Posadas e Puerto Iguazú. Os horários ainda não estão definidos, mas espera-se que o voo chegue em um horário conveniente com as operações da Avianca Brasil em Florianópolis, sendo uma facilidade a mais para o passageiro da Avianca.

No mercado doméstico, a Avianca Argentina irá operar para Salta, Córdoba, Rosário, Resistencia, Puerto Iguazú, Catamarca, La Rioja, Santiago del Estero, San Juan, Mendoza e Posadas. Já os destinos internacionais serão Lima no Peru, Iquique no Chile, Assunção no Paraguai, Santa Cruz de La Sierra na Bolívia e Florianópolis no estado de Santa Catarina.

Confira abaixo o mapa de todas as rotas da Avianca Argentina:

 

avianca-argentina-hub-tucuman-red

As operações da Avianca Argentina irão gerar 15 voos diários a mais no Aeroproto de Tucumán, um aumento de 150%. A expectativa é da geração de 250 empregos, incluindo tripulantes, mecânicos e pessoal de terra.

Além das operações da subsidiária Argentina, a Avianca irá iniciar voos cargueiros para a Tucumán com o Airbus A330-200F, com potencial para ser o segundo maior aeroporto de cargas no país.

Adaptado do Aviacionline.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e Bacharel em Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.