Avianca Brasil e TAP Portugal anunciam acordo de compartilhamento de voos

A Avianca Brasil e a TAP Portugal, empresas-membro da aliança global Star Alliance, implementaram hoje a primeira etapa de um acordo de compartilhamento de voos (code-share). A princípio, a companhia aérea portuguesa venderá em seus canais passagens para trechos operados pela parceira no Brasil sob o código “TP”, ampliando significativamente sua distribuição no mercado nacional. As vendas valerão para viagens realizadas a partir de 7 de agosto.




A malha compartilhada inclui voos em Aracaju, Belo Horizonte (Confins), Brasília, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Foz do Iguaçu, Goiânia, Ilhéus, João Pessoa, Juazeiro do Norte, Maceió, Natal, Navegantes, Petrolina, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro (Santos Dumont e Galeão), Salvador e São Paulo (Congonhas e Guarulhos). Ao todo, serão mais de 50 trechos englobados pela parceria.

A Avianca Brasil atende, atualmente, 23 destinos domésticos e dois no exterior com 240 decolagens diárias, utilizando 50 aviões da Airbus – a frota mais jovem da América Latina. A TAP Portugal oferece a maior quantidade de voos entre o Brasil e a Europa – mais de 70 frequências semanais –, ligando Lisboa e Porto a 10 cidades brasileiras.

Independentemente do acordo anunciado hoje, membros do Amigo, da Avianca Brasil, e do Victoria, da TAP Portugal, já podem utilizar os pontos e milhas acumulados em trechos voados nas duas empresas para elevar seu status nos programas de fidelização e emitir passagens em todos os 18.400 voos diários operados pelas 28 companhias da Star Alliance em 1.330 aeroportos de 191 países. Participantes das categorias Gold e Diamond têm benefícios adicionais, como direito a check-in preferencial, franquia de bagagem adicional, embarque prioritário e acesso a salas VIP.
Informações pela Assessoria de Imprensa da Avianca Brasil.

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é assessor de editoria do AEROIN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *