Avianca Brasil inicia operações de pouso em condições visuais restritas.

Avianca Airbus A320

A Avianca Brasil realizou na última segunda feira, 13/06, os primeiros voos comerciais domésticos de passageiros do país sob a Categoria III (A) de visibilidade, para os quais recebeu certificação inédita da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) no dia 20 de maio. Essa modalidade de operação permite que as aeronaves se aproximem por instrumentos e pousem em segurança, mesmo em condições visuais mais restritas, de apenas 200 metros.

A inovação beneficia, principalmente, os passageiros, que não precisam mais descer em outros aeródromos em função do mau tempo. Pela manhã, os 427 clientes da companhia que viajavam de Curitiba, Goiânia e Salvador para Guarulhos chegaram ao seu destino no horário previsto, enquanto 12 voos domésticos de congêneres tiveram que alternar para localidades como Campinas, Ribeirão Preto e Rio de Janeiro, por causa do nevoeiro.

O processo de certificação da Avianca Brasil levou quatro anos e incluiu investimentos de R$ 4,5 milhões em tecnologia e treinamento.

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.
  • Pois é .. Pena que tiraram a regulagem dos assentos nos voos nacionais né. Topa tudo para vender poltrona na frente. Surreal. Jaja estará igual a RyanAir, caçando níqueis. Qual a próxima novidade? Comissários valentões por passageiros de ponta cabeça para ver se caem moedas para aumentar a margem de lucro???