Avianca Brasil transportará profissionais do Médicos Sem Fronteiras com nova parceria.

Avianca302

A companhia aérea Avianca Brasil, membro da aliança global Star Alliance, e a organização humanitária internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF) anunciaram uma parceria para transporte dos profissionais do escritório brasileiro da entidade. O contrato envolve a cessão de passagens aéreas para os destinos domésticos contemplados na malha da empresa, que opera cerca de 220 voos diários em 22 cidades do país.

Os profissionais da MSF utilizarão este apoio para participar de reuniões sobre temas humanitários e outros eventos, como exposições para sensibilizar o público brasileiro sobre as crises enfrentadas pelas populações atendidas pela organização. Além de apoiar com o transporte, a Avianca Brasil também divulgará na sua revista de bordo e no sistema de áudio e vídeo das suas aeronaves informações sobre como os clientes podem colaborar no esforço de ajuda.

“É a primeira vez que a Avianca Brasil abraça uma causa com amplitude global, o que faz todo sentido neste momento da companhia, que se internacionalizou com a entrada na Star Alliance. Colaborar para que esses profissionais viajem pelo Brasil para realizar atividades de apoio ao trabalho da organização é apenas uma pequena ação, se comparada ao gesto desses grandes exemplos de altruísmo. Divulgaremos o trabalho deles em nossos canais de comunicação, como fazemos com todos os projetos sociais e culturais que apoiamos”, destacou Flavia Zülzke, gerente geral de Marketing da Avianca Brasil.

“Estamos muito felizes com o apoio da Avianca Brasil. Esta parceria possibilitará que mais recursos sejam direcionados para nossa missão social: salvar vidas. Isso demonstra que essa é uma empresa que valoriza a ajuda humanitária”, disse Flavia Tenenbaum, diretora de Captação de Recursos de Médicos Sem Fronteiras-Brasil.

Médicos Sem Fronteiras chegou ao Brasil em 1991, para combater uma epidemia de cólera na Amazônia. Nos anos 2000, deu início a atividades que incluem o recrutamento de profissionais brasileiros e a captação de recursos financeiros para apoiar os projetos da organização. Atualmente, cerca de 160 profissionais brasileiros, de várias especialidades, participam regularmente dos projetos de assistência médica da MSF em cerca de 70 países.

André Le Senechal

Pesquisador apaixonado, piloto privado. Aluno de Aviação Civil na Anhembi Morumbi. Respira o ar do Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos. Assíduo praticante de Plane Spotting e Simuladores de voo.

Comente