AVIANCA diz que procura parcerias, mas que não está à venda.

Avianca Colombia Airbus A321 CEO Sharklets

A Avianca Holdings, que controla a Avianca Colombia e a TACA Peru, não está à venda. “As conversas com outras companhias aéreas são esforços para possíveis parcerias que iriam agilizar o crescimento da companhia.” disse o CEO German Efromovich à rádio colombiana Caracol.

Fontes informaram à agência Reuters que as companhias United Airlines, Delta Airlines e o grupo chinês HNA estariam interessados na compra da Avianca Holdings e da Avianca Brasil, conforme noticiamos anteriormente aqui.

“A Avianca não está para venda, conversas sobre parcerias acontecem todo o dia.” complementou Efromovich.

Uma possível parceria com outras companhias permitiria a Avianca renovar sua frota para aeronaves mais eficientes. A companhia também analisa a redução de cargos de diretoria, disse Efromovich.

A Avianca Holdings, que opera voos na Colômbia, Peru, Equador, América Central e Caribe, adiou o recebimento de 130 aeronaves e cortou $1.4 bilhões de doláres em investimentos para os próximos 30 meses.

A filial brasileira, que opera de forma independente, também cancelou o recebimento de aeronaves Airbus A330 e consequentemente a abertura de rotas internacionais a partir do Brasil.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e Bacharel em Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.

5 Comments:

  1. Eu tinha plena certeza que era mentira

  2. E queriam eles comprara a TAP…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *