Azul ampliará operações entre Recife e Orlando.

A Azul irá aumentar a oferta de voos entre Recife e Orlando (Estados Unidos) durante o mês de julho, período de férias escolares no Brasil e de verão nos EUA. Os novos voos, que serão operados às segundas e sextas-feiras, entre 1º e 31 de julho, já foram aprovados pelas autoridades aeroportuárias e os bilhetes já estão sendo comercializados. Atualmente, a empresa aérea tem ligações entre a capital pernambucana e o destino norte-americano às quartas-feiras (que passarão a ser realizadas às quintas-feiras a partir de 1º de julho) e aos domingos. A aeronave desta rota é o Airbus A330, o maior da frota da Azul e a com cabine mais moderna, confortável e tecnológica do mercado brasileiro.




“É com muita satisfação que colocamos à disposição mais assentos para Orlando aos Clientes de Recife e das demais regiões que fazem conexão na capital pernambucana. A alta demanda nesta rota mostra que nossa estratégia foi correta e vamos continuar investindo e ajustando nossas operações no Recife sempre que necessário para que possamos oferecer a melhor experiência aos Clientes”, comenta Daniel Tkacz, diretor de Planejamento de Malha da Azul.

Clientes tanto do Recife como de todo o Nordeste podem aproveitar os voos da Azul para Orlando. O diferencial da operação da Azul é a conectividade para toda a região, consequência do investimento feito no Recife há cerca de um ano e que beneficiou toda a região Nordeste. As conexões para Orlando por meio do aeroporto do Recife são acessíveis, com apenas uma parada, aos viajantes que partem de Salvador, Fortaleza, Natal, Aracaju, Maceió, São Luís, João Pessoa, Teresina, Belém, Petrolina e São Paulo (Campinas e Guarulhos).

A rota Recife-Orlando, sem escalas, é operada, atualmente, com exclusividade pela Azul.

Confira, a seguir, os detalhes das operações (horários locais):

 
Informações pela Assessoria de Imprensa da Azul Linhas Aéreas Brasileiras.
 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é assessor de editoria do AEROIN.