Azul terá desconto para clientes que não despacham bagagens.

A Azul continuará oferecendo normalmente a franquia de bagagens de 23 kg em seus voos domésticos e manterá os preços das passagens aéreas praticados atualmente. No entanto, a companhia terá uma nova opção de tarifa – que será introduzida gradativamente para os mercados onde a empresa opera no Brasil, a partir da próxima terça-feira (14/3) – com preços reduzidos para quem não despacha bagagens. Além disso, passa a valer a regra para embarque com bagagens de mão de até 10 kg em todos os voos da empresa.




“Continuaremos com os mesmos serviços, a mesma franquia de 23kg de bagagem e as mesmas facilidades que temos hoje. Nosso diferencial é que, em alguns voos, nossos clientes poderão optar por uma tarifa mais barata ao não despachar suas bagagens” destaca Antonoaldo Neves, presidente da Azul. “Com a nova regra para as bagagens de mão, que também passa a vigorar na próxima terça-feira, ficará ainda mais fácil para o Cliente economizar, pois poderá levar o dobro de peso na comparação com os atuais 5 kg” completa Neves.

 

Entenda como funcionarão as tarifas da Azul nos voos domésticos

Agora, as passagens da Azul estarão classificadas em duas categorias: a “MaisAzul” e a “Azul”.

A categoria MaisAzul mantém a prática tarifária atual, incluindo franquia de 23 kg de bagagem e sempre estará disponível para compra. E, ainda, o Cliente poderá levar o dobro do peso que levava antes na bagagem de mão.

Ao optar pela categoria Azul, que é a nova opção, o Cliente pagará mais barato pela passagem na comparação com a tarifa MaisAzul e poderá escolher pela compra ou não do serviço de bagagem despachada. Nessa modalidade, se o Cliente mudar de ideia, poderá incluir os 23 kg de bagagem, a qualquer momento, por apenas R$ 30,00.  Caso o Cliente ultrapasse essa cota de 23 kg, será mantida a atual cobrança por quilo excedente.

A partir da próxima terça (14/03), mais de 16 cidades partindo de Campinas já contarão com tarifas reduzidas nessa categoria. Confira lista completa*.

É importante ressaltar que, em ambas as categorias, todos os serviços atualmente oferecidos pela Azul se mantêm:

– 40 canais de TV SKY ao Vivo;

– Snacks e bebidas gratuitas à vontade e sem custo adicional;

– Marcação de assento sem custo adicional;

– Antecipação de voo sem custo adicional;

– Acumulo de pontos no TudoAzul

– Entre outras vantagens.

Seguindo as práticas internacionais de mercado, o volume de bagagem despachada para voos com destino aos EUA e Europa também passa a ser diferente a partir da próxima terça-feira (14/03). Os Clientes com bilhetes adquiridos para as classes Econonomy e Economy Extra terão direito ao despacho de dois volumes de 23 kg cada e, os Clientes da Azul Business, poderão despachar três volumes de 23 kg cada. O número de volumes não muda em relação ao que a Azul já praticava. A diferença está no peso máximo permitido para cada volume, que agora se enquadra nos padrões internacionais. Ainda, caso o cliente queira despachar um ou mais volumes extras, a companhia reduzirá o valor do volume extra de US$ 150 para US$ 100 por volume.

Para os voos na América do Sul, a companhia terá por regra o despacho de um volume de até 23 kg de bagagem por Cliente. Caso o Cliente queira levar um ou mais volumes extras, a companhia passará a cobrar o valor de US$ 50 por volume, o que representa uma redução no valor pago atualmente na forma de quilogramas.

 

Programa de vantagens TudoAzul

Para os Clientes Safira e Diamante no Programa TudoAzul existem algumas vantagens e diferenciais adicionais:

  • Voos Domésticos

Clientes Diamante e Safira que compram a Tarifa Azul garantem o melhor preço e, ainda, poderão despachar 23 kg de bagagem gratuitamente. E, como hoje, Clientes TudoAzul Topázio, Safira e Diamante contam com 5 kg, 10 kg e 15 kg de bagagem extra, respectivamente.

  • Voos Internacionais

Clientes Diamante terão direito a um volume extra de 23 kg quando comprarem as classes Economy e Economy Extra.

Outras mudanças

A Azul informa ainda que já se adequou a todas as demais regras da Resolução 400 da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e que já praticava algumas delas antes mesmo de se tornarem comuns a todas as companhias aéreas. Veja abaixo quais são:

– Reembolso por desistência em até 24 horas após a compra;

– Não cancelamento do trecho de volta em caso não comparecimento ou aviso do Cliente sobre a não utilização do trecho de ida;

– Correções na grafia de nomes sem custos pelo Azulcenter (central de atendimento da Azul).

*Algumas cidades com voos saindo de Campinas já contarão com tarifas reduzidas a partir de amanhã. As passagens estarão disponíveis para compra com antecedência mínima de 28 dias. Confira regras no site da Azul. São elas: Rio de Janeiro (SDU), Curitiba, Porto Alegre, Belo Horizonte, Vitória, Florianópolis, Jaguaruna, Lages, Londrina, Maringá, Navegantes, Passo Fundo, Chapecó, Cascavel, Divinópolis e Ponta Grossa.

Pela Assessoria de Imprensa da Azul Linhas Aéreas. 

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e graduando de Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.

50 Comments:

  1. Se a redução da tarifa for real mesmo, é bom. Lembrando que a Gol já afirmou que não haverá redução de preço pra quem não despachar mala (apenas deixará de pagar 50 reais pelo primeiro volume). Como a azul é careira (pelo menos sempre quando eu pesquiso é a mais cara) não acredito numa redução das tarifas praticadas hoje em dia.

  2. Que bela maquina um dia eu ainda quero voa numha desa se deus quiser

  3. Pelo preço que estão cobrando pelo despache das malas, seria mais barato mandar elas pelo Sedex um dia antes dá viagem, aí chegariam juntos ao destino.

  4. Eu amo essa companhia. Não troco por nada

  5. Tá.

    Preço Atual 100 reais.
    Preço a partir de semana que vem 100 reais sem bagagem e 130 reais com bagagem

  6. Como se não tivesse o valor embutido , a Azul e a empresa mais cara que temos , e não é pouca coisa . Tem trecho que chega a custa até 5x mais que as outras.

  7. Gol, aprende a fazer como a Azul, quem sabe volto a voar por vocês!!

  8. Danilo Cançado Gustavo Castro Pedro Henrique

  9. Pode até ser cara mais o serviço que a azul faz e o melhor pra mim

  10. Marcelo Henrique como estávamos conversando…

  11. Tipo Black Friday! Tudo pela metade do dobro kkkkkk

  12. Brasil uma verdadeira ZONA franciscana 😉

  13. Ou seja, já cobrará a 1a mala de todos e descontará o valor de quem não despachar.

  14. Essas companhias aéreas estão me forçando a viajar de ônibus, poltronas confortáveis e sem essas baboseiras de taxa por bagagem.

  15. Pode esperar um monte de sacola na parte de dentro avião

  16. Pingback: Novas regras na Aviação Civil Brasileira: Veja em detalhes o que muda. - AEROIN