Azul Viagens cresce 24% em receita no 1º trimestre de 2017.

A Azul Viagens, operadora de turismo da Azul Linhas Aéreas, registrou números positivos no 1º semestre de 2017, com crescimento de 24% em sua receita na comparação com o mesmo período do ano passado. Somente nos três primeiros meses do ano, foram mais de 90 mil emissões de diversos produtos oferecidos pela marca. A operadora investiu na expansão de sua rede de lojas – que já chega a 34 pontos físicos pelo Brasil, ampliou seu portfólio de produtos e colocou no ar um novo website.




“Temos investido cada vez mais na experiência de nossos Clientes com a marca, tornando os serviços da Azul Viagens mais ágeis e completos. Hoje, oferecemos uma ampla gama de produtos, que atendem a diversas demandas, que vão desde pacotes com aéreo ou marítimo até ingressos de parques temáticos”, destaca Marcelo Bento Ribeiro, diretor da Azul Viagens. “Nosso crescimento em receita também é reflexo de uma expansão internacional. Nossos voos para EUA, Europa e América Latina e uma oferta de mais de 400 mil hotéis em todo o mundo contribuíram para esse resultado”, completa Bento.

As viagens dentro do Brasil representaram cerca de 80% do volume total de vendas da Azul Viagens em 2016. Entre os destinos mais procurados por viajantes brasileiros à lazer estão as cidades nordestinas, com destaque para Porto Seguro, Maceió, Recife, Natal, Salvador e Fortaleza. A região da Serra Gaúcha e Fernando de Noronha também estão na lista dos mais buscados.

 
Informações pela Assessoria de Imprensa da Azul Linhas Aéreas Brasileiras.
 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é assessor de editoria do AEROIN.

Comente