BH Airport reafirma plano de investimentos de R$ 1,5 bilhão no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte.

20141101075634514039o
A BH Airport, concessionária do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte irá investir um total de R$ 1,5 bilhão nos próximos dez anos, sendo que R$ 750 milhões até 2016, na ampliação e modernização do aeroporto, segundo informou hoje o diretor-presidente da concessionária, Paulo Rangel. O investimento previsto para todo o período de concessão, de 30 anos, é da ordem de R$ 3 bilhões.

Ao participar, como convidado, de reunião da Comissão de Turismo Comércio, Indústria e Cooperativismo da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), o diretor-presidente da BH Airport reafirmou a meta de ampliar o número de voos internacionais e incentivar o turismo no Estado e agradeceu ao convite para apresentar o planejamento da concessionária no curto, médio e longo prazo.

“Queremos que o turismo no Estado cresça e pretendemos ampliar a oferta de voos internacionais, porque sabemos que cada novo voo internacional é capaz de gerar mil empregos diretos, o que pode representar um novo impulso para a economia de Minas”, disse ele.

Outro grande objetivo da concessionária, segundo Rangel, é aproveitar a localização estratégica do Aeroporto no país para criar um novo hub (centro de distribuição de voos) para as regiões Nordeste e Sudeste do país e transformar o Aeroporto na verdadeira porta de entrada e saída dos mineiros.

Desde 2014 já foram anunciados voos para 13 novos destinos regulares e 2 sazonais, ampliando a oferta em 16%.

O presidente da Comissão, deputado Antônio Carlos Arantes (PSDB), afirmou que o objetivo da reunião foi debater a situação do turismo no Estado.

Terminal 2

A BH Airport prepara o início das obras do Terminal de Passageiros 2, que irá duplicar a capacidade do aeroporto, para o patamar de 22 milhões de passageiros/ano. O novo terminal contará com mais 17 pontes de embarque, elevando para 26 o total de pontes disponíveis atualmente no aeroporto, além de 44 posições de aeronaves no pátio. As obras deverão ser concluídas em 2016 e serem iniciadas assim que a Secretaria de Estado de Meio Ambiente conceder a liberação a Licença de Instalação.

“Estamos preparados para prover toda a infraestrutura necessária e atender o crescimento da demanda de passageiros no aeroporto pelos próximos dez anos. Precisamos preparar o aeroporto para este momento”, afirmou Rangel.

Até que as obras do novo terminal estejam concluídas, a BH Airport também se prepara para colocar em operação o Terminal de Passageiros 3. A obra, de responsabilidade do Poder Público, foi entregue à concessionária, que realizou uma série de intervenções para atender as operações de embarques e desembarques internacionais. Atualmente, estas operações são realizadas no Terminal existente (Terminal 1), O Terminal já está pronto para operar e aguarda apenas a liberação da Licença de Operação, pelos órgãos ambientais do Estado.

A partir da transferência dos voos internacionais, a BH Airport irá iniciar imediatamente obras de melhorias no Terminal 1, que passa a ser totalmente dedicado às operações domésticas, para oferecer mais espaço e conforto aos passageiros. As operações internacionais ocupam aproximadamente 40% das áreas de embarque e desembarque do Terminal existente.

Satisfação do Usuário

Paulo Rangel destacou também que já existe uma melhora na avaliação dos usuários e passageiros sobre o Aeroporto. O último relatório mensal de Indicadores de Desempenho divulgado pela Secretaria de Aviação Civil (SAC) demonstrou que a nota dada ao aeroporto passou de 3,31 no segundo trimestre de 2014, para 4,05 no mesmo período de 2015. Esta variação representa um aumento de 22,4% na nota geral do Aeroporto, que mede a satisfação do passageiro. Foi o segundo maior crescimento entre os 15 aeroportos brasileiros avaliados.

Luis Neves

É agente de turismo e acompanha a evolução da aviação brasileira desde o final da década de 80. Fotografa tudo o que voa e tem uma das maiores coleções de fotos de aviação do Brasil.