Boeing 737 MAX entra em operação e realiza o primeiro voo comercial.

O Boeing 737 MAX finalmente entrou em operação comercial, o debut foi realizado pela Batik Air em um voo entre Kuala Lumpur e Cingapura.




Cerimônias foram realizadas nos dois aeroportos, marcando a data especial na companhia aérea da Malásia, que agora conta com a última geração da icônica família 737 da Boeing.

Inicialmente o 737MAX 8 iria estrear pela Southwest Airlines, maior cliente do 737 no mundo. Mas a companhia low-cost americana decidiu esperar até outubro para colocar a aeronave em operação. Na sequência da Southwest, a Norwegian Airlines pretendia começar voos com o MAX em maio, mas acabou postergando o início dos voos para o fim de junho.

O 737 MAX proporcionará às companhias aéreas a grande economia de combustível que esperam para o futuro. A aeronave traz um novo motor, o LEAP-1B da CFM International, que reduz a queima de combustível e as emissões de CO2 em 13%, quando comparado à maioria das aeronaves de corredor único mais econômicas da atualidade. As atualizações recentes no design da aeronave, inclusive o winglet desenvolvido com moderna tecnologia, reduzirão o arrasto e realçarão ainda mais o desempenho do 737 MAX, principalmente em rotas de longa distância.

Em 2011 o grupo Lion Air comprou 201 737MAX e 29 737-900ER num valor total de $21,7 bilhões de dólares, a maior venda da Boeing de todos os tempos, tanto em valor quanto em quantidade de aeronaves. A Lion Air atualmente é o maior operador do 737-900ER e também será a primeira aérea a voar o 737 MAX 9.

Fotos por Daniel Tay – Airways Magazine. 

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e Bacharel em Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.
  • Eider

    Parei de ler no “Cingapura”