Boeing começa a montagem final do primeiro 737 MAX, modelo que será usado pela GOL no Brasil.

K66444-03
Conforme programado, os profissionais da Boeing de Renton, Washington, começaram a montagem final do primeiro 737 MAX 8, o primeiro membro de uma nova e mais eficiente família de aeronaves de corredor único da Boeing.

“Continuamos em dia com o cronograma do programa 737 MAX, graças à dedicação de nossos colaboradores e fornecedores”, diz Keith Leverkuhn, vice-presidente e diretor geral do programa 737 MAX da Boeing Aviação Comercial. “Ainda temos muito trabalho pela frente, mas estamos muitos satisfeitos com o progresso até agora”.

Depois que a primeira fuselagem da Spirit Aerosystems chegou de Wichita, Kansas, em 21 de agosto, os mecânicos começaram a instalação dos sistemas de voo e das mantas de isolamento.
“É uma honra. Só uma equipe pode ser a primeira a construir esta aeronave. Estou realmente empolgado”, diz Sean Christian, líder da equipe de elétrica do 737 MAX.

As equipes moveram a fuselagem para a área da nova linha de montagem onde asa e fuselagem são unidas, e onde serão construídas as primeiras aeronaves MAX. A seguir, os mecânicos uniram as asas à fuselagem da aeronave.

As asas trazem a nova Tecnologia Avançada de winglets da Boeing. Projetados exclusivamente para o 737 MAX, eles proporcionarão às empresas aéreas um ganho de eficiência energética de até 1,8% em relação aos winglets atuais.

“Ver o novo desenho de winglet que validamos no túnel de vento alguns anos atrás instalado na primeira aeronave é algo incrível”, diz Leverkuhn. “Essa é só uma das características que diferenciam o 737 MAX e que fazem dele uma máquina de extraordinária eficiência energética.”

A Boeing construirá os primeiros 737 MAXs exclusivamente na nova linha de produção da fábrica de Renton. Depois que os mecânicos testarem e aprovarem o processo de produção, a produção do MAX será ampliada para as duas outras linhas de montagem final de Renton.

“A abertura de uma nova linha de produção em Renton aumenta nossa flexibilidade e capacidade, permitindo que esta equipe incrível continue suprindo as necessidades de nossos clientes com as aeronaves de corredor único mais confiáveis do mundo, por um longo tempo”, diz Scott Campbell, vice-presidente e diretor geral do programa 737 e líder da planta de Renton da Boeing Aviação Comercial.

A equipe do 737 MAX continua firme no cronograma de finalizar a montagem do primeira 737 MAX até o fim deste ano e de vê-lo realizar seu primeiro voo no início de 2016. O primeiro 737 MAX está programado para ser entregue à Southwest Airlines no terceiro trimestre de 2017. No total, a família 737 MAX já recebeu 2.869 encomendas, de 58 clientes do mundo todo. No Brasil, a GOL prevê usar a aeronave nos próximos anos.

22 Comments:

  1. Adoro a Boeing, é a minha preferida, mas não adianta nada lançar os MAXs enquanto não lançarem algo que seja realmente competitivo ao A321, principalmente com a chegada deste na versao NEO.

  2. Thiago Martins, Talita Picciani Lazaretti

  3. Se eu tivesse uma cia aérea eu usaria os aviões com essa cor aí mesmo, só ia pintar o logo da empresa! Hehe

  4. Enquanto a Tam está pra receber seus A350…

  5. Olha isso amor Karina Francellino

  6. – – – e QTOS. Aeroportos brasileiros comportarão uma Aeronave desse Porte ??

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *