Boeing confirma o 1º voo do 737MAX para Sexta

live-stream-placeholderA Boeing confirmou através da página da sua loja no Facebook, que o primeiro voo do novo 737MAX se dará na sexta, dia 29, ainda dependendo das condições climáticas em Seattle. A transmissão ao vivo poderá ser acessada clicando aqui e irá começar as 16h no horário de Brasília, se não ocorrer nenhum atraso devido a condições meteorológicas adversas.

Como adiantando aqui pelo AeroIn, a última geração do avião comercial mais vendido do mundo irá finalmente alcançar os céus. Com quase 3 mil pedidos firmes além de opções, a família 737 ganha mais tecnologia para continuar avançado, agora com as versões MAX 7, MAX 8 e MAX 9.

O destaque fica pela motorização nova, com o moderno CFM LEAP reduzindo em 13% as emissões de CO2 em relação ao antecessor. E não para por aí, além dos novos winglets scimitar mais eficientes que já equipam alguns 737 da GOL, a aeronave também conta com novo cockpit com telas maiores, inspirado no revolucionário 787 Dreamliner.

K66450

Cockpit incopora novas tecnologias e visual mais limpo, mas ainda mantém o padrão 737 para facilitar a transição de pilotos.

Lembrando também que a GOL possui 60 pedidos desta aeronave, na versão MAX8, que serão entregues a partir de 2018.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e Bacharel em Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.

8 Comments:

  1. O 737 tem seu charme, assim como a família 747, por mais q a Airbus tente, o design e a segurança d um Boeing são incopiaveis, o piloto é quem manda na aeronave e não um computador q o piloto controla por joystick d videogame, sei lá me sinto mais seguro em um Boeing!

  2. 737-MAX: fala-se muito em novos motores, eficiência em combustível, etc. Quero saber o seguinte: e para os passageiros, a largura interna aumentará em relação aos 737’s atuais? Os atuais são verdadeiras “latas de sardinha”.
    Att., Miltom.