Boeing inaugura linha de móveis e decorações.

dc-9-pratt-whitney-jt8d-engine-cowling-chair-18-hr

A Boeing acaba de lançar a sua linha personalizada de móveis e decoração: a Custom Hangar. Com uma coleção de móveis, objetos decorativos e peças de arte, que vão de um banco feito de uma asa de um 727, até um elegante bar que utilizou um motor de DC-9/MD-80.

Funcionários da Boeing percorreram diversos “cemitérios de aviões” e ferro-velhos em busca de componentes raros para serem reformados manualmente. Cada peça é feita com uma qualidade a nível de museu e fabricada usando materiais autênticos como alumínio aeronáutico, aço e titânio.

O resultado? Peças que são ao mesmo tempo bonitas, funcionais e com um significado histórico. A maioria dos componentes possui diversas horas de serviço registrados e a Boeing manteve essa história viva. A superfície de metal de uma lâmina do motor de um caça F-4 Phantom, por exemplo, mantém a sua descoloração natural devido às altas temperaturas que a que o motor é levado para impulsionar o avião ao dobro da velocidade do som. Já uma janela do primeiro Jumbo, o Boeing 747-100, apresenta linhas de rebites que resistiram por mais de 100.000 horas em voo.

 

propeller-blade-b-17-flying-fortress-19-hr

 

Apesar da escassez das peças, essa coleção é bastante acessível. Com produtos começando em $50 dólares, como uma caneta feita de disjuntores do 747, ou um suporte para cartão de visitas com uma lâmina do motor do F-4 Phantom, por $90 dólares, e para os fãs mais assíduos, uma mesa com a base feita de slats do 727 e com os pés de stators do clássico motor JT8D, esta última por “apenas” $18.000 dólares.

As peças da nova linha estão disponível na seção Custom Hangar na Boeing Store. Items adicionais também estão disponíveis nas lojas físicas da Boeing em Seattle, Chicago e outras localidades.

Novos produtos serão adicionados constantemente à linha. “As vezes parece uma cena de Indiana Jones e os Caçadores da Arca Perdida” disse Gerardo Mores, desenvolvedor de produtos na Boeing.. “Nós não sabemos o que está dentro da caixa enviada para nós até abrirmos”, completou.

 

 

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e Bacharel em Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.

8 Comments:

  1. Amor Thaís Alvarenga, só acho que eu deveria ser rico pra comprar tudo…kkkkkkk

  2. Manuela K. P. Ramos aceito de natal!

  3. um boeing e sempre um boeing. um abraco a todos

Comente