Boeing lança oficialmente o 737 MAX 10, o maior 737 já projetado.

Imagem: Divulgação / Boeing.

A Boeing anunciou oficialmente hoje, 19 de junho, durante o primeiro dia do Paris Air Show 2017, o lançamento do 737 MAX 10, o mais novo integrante da família 737 MAX e o maior 737 já projetado pela empresa norte-americana. Segundo a fabricante, o MAX 10 terá o menor custo por assento-milha de todo o mercado de aeronaves de corredor único já produzidas.




O modelo já possui grande aceitação de mercado, com mais de 240 pedidos e compromissos de compra assinados por pelo menos 10 clientes ao redor do mundo. Os compradores devem ser anunciados ao longo da semana no Paris Air Show, mas já se sabe que a companhia alemã TUI e a indiana SpiceJet confirmaram encomendas, além de conversões de pedidos da família MAX 8 e MAX 9 para o MAX 10, totalizando 18 e 40 unidades, respectivamente.

O 737 MAX 10 deverá oferecer um custo de viagem 5% menor, bem com um custo por assento-milha também 5% menor do que a melhor aeronave do segmento. Entre as alterações de design do novo modelo, destacam-se uma nova asa com arrasto reduzido a baixas velocidades e a fuselagem 66 polegadas (1,67 metro) maior do que o 737 MAX 9, permitindo atingir a capacidade de 230 passageiros.

Assim como nos demais modelos da família 737 MAX, o MAX 10 é equipado com motores LEAP-1B da CFM International e com os novos winglets “Advanced Technology”, como chamados pela Boeing. A família 737 MAX já acumula mais de 3700 encomendas até a presente data.

Imagem: Divulgação / Boeing.

 
Informações pela Assessoria de Imprensa da Boeing, direto do Paris Air Show 2017.
 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é assessor de editoria do AEROIN.

2 Comments:

  1. GILBERTO DE CARVALHO SILVA

    APENAS A TÍTULO DE CORREÇÃO, NÃO É 1,67 METROS, E SIM. 1,67 METRO.

  2. Pingback: Copa Airlines converte encomendas para o 737 MAX 10. - AEROIN

Comente