Boeing: Mais de 1 milhão de pilotos e técnicos serão necessários até 2035.

boeing-777-pilot-1200x600

A Boeing divulgou hoje o seu Panorama de Pilotos e Técnicos 2016, projetando a demanda de quase 1.5 milhão de pilotos e técnicos para atender o mercado nas próximas duas décadas.

O panorama estima que 617 mil novos pilotos de linha aérea e 679 mil técnicos serão necessários para os próximos 20 anos, demonstrando um crescimento de 10.5% para o mercado de pilotos em relação ao panorama de 2015, e de 11.3% para os técnicos em manutenção.

Pela primeira vez, a fabricante fez um panorama também para Tripulação de Cabine (Comissários), prevendo uma demanda mundial para 814 mil novos comissários, aproximadamente 40 mil por ano.

Durante a feira de Farnborough, a Boeing apresentou seu panorama para o Mercado Comercial de Aviões, projetando uma demanda de 39.620 aeronaves nos próximos 20 anos.

De acordo com a Boeing, a nova demanda para pilotos é impulsionada pelo crescimento exponencial da frota na região da Ásia e Pacífico, concentrando 40% da demanda mundial, impulsionado pelas Low-Costs chinesas.

Região

Novos Pilotos

Novos Técnicos

Novos Tripulantes de Cabine

Ásia-Pacífico

248.000

268.000

298.000

Europa

104.000

118.000

169.000

América do Norte

112.000

127.000

151.000

América Latina

51.000

50.000

51.000

Oriente Médio

58.000

66.000

92.000

África

22.000

24.000

27.000

Rússia / CEI

22.000

26.000

26.000

A Boeing também destacou a demanda na América do Norte, resultado de abertura de mercados para novos mercados regionais, como México e Cuba, enquanto a Europa aumentou sua demanda como resposta para “um mercado interno forte da União Européia.”

Informações da Boeing

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e Bacharel em Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.