Boeing nomeia novos líderes e lança negócio de serviços integrados.

boeing787n787bxsclfotoluisalbertoneveszx

A Boeing anuncia hoje mudanças em cargos de liderança e o lançamento de uma nova unidade de negócios. O chairman, presidente e CEO da companhia, Dennis Muilenburg, nomeou Kevin G. McAllister presidente e CEO da Boeing Aviação Comercial, sucedendo neste cargo o vice-presidente da empresa, Ray Conner. Paralelamente, Muilenburg nomeou Stanley A. Deal como presidente e CEO da Boeing Serviços Globais, uma nova unidade de negócios formada a partir dos grupos de atendimento ao cliente da Boeing Aviação Comercial e Boeing Defesa, Espaço e Segurança. McAllister se junta a Boeing vindo da GE Aviation, braço de aviação do conglomerado General Electric, enquanto Deal é um executivo veterano da Boeing.

Ray Conner, 61 anos, continuará a atuar como vice-presidente da Boeing até 2017. O executivo trabalhará em estreita colaboração com McAllister nos próximos meses, com a finalidade de fazer a transição das relações entre clientes, fornecedores, comunidade e governo, e assegurar a continuidade do apoio às operações e aos clientes. Conner também oferecerá supervisão e orientação estratégica para a transição da empresa para um negócio único de serviços integrados e continuará envolvido na estratégia de desenvolvimento contínuo de produtos da Boeing Aviação Comercial.

“Com a aposentadoria de Ray Conner se aproximando e o desafio de atender a um mercado global de serviços em expansão, essas mudanças fortalecerão ainda mais a Boeing e atenderão melhor aos nossos clientes, funcionários, acionistas e outros parceiros nos próximos anos”, disse Muilenburg. “Somos imensamente gratos a Ray por sua liderança e contribuições para a Boeing ao longo de quase quatro décadas, e vamos continuar a contar com sua vasta experiência e perspicácia no apoio à liderança e transições de negócios em curso”.

McAllister, de 53 anos, ingressa na Boeing após 27 anos na GE Aviation, onde desde 2014 atuava como presidente e CEO da GE Aviation Services. Antes disso, como vice-presidente e gerente geral de vendas e marketing global desde 2008, ele foi responsável por obter um crescimento recorde para o negócio da GE de quase US$ 25 bilhões.

“Kevin é um dos melhores e mais conceituados executivos da indústria e estamos muito felizes por ele se juntar a Boeing e a nossa forte equipe da aviação comercial”, disse Muilenburg. “Ele é um líder apaixonado com décadas de conhecimento e experiência em aviação comercial. Ele conhece bem a Boeing, compartilha de nossos valores e compromisso com nosso pessoal, e tem a experiência operacional e de negócios necessária para liderar essa parte vital e em crescimento de nossa empresa”.

A Boeing Serviços Globais reunirá capacidades essenciais atualmente em Serviços para Aviação Comercial e no grupo de Serviços Globais & Suporte da Boeing Defesa, Espaço e Segurança. Embora alguns apoios de frota de clientes de defesa e comerciais permaneçam dentro das duas unidades de negócio existentes, a nova unidade oferecerá um amplo portfólio de serviços avançados e incorporará as capacidades de várias subsidiárias da Boeing, incluindo Aviall e Jeppesen.

Deal, 52, traz três décadas de ampla experiência aeroespacial para seu novo papel de liderança. Desde 2014, ele atua como vice-presidente sênior do negócio de Serviços para Aviação Comercial da Boeing, apresentando anos consecutivos de desempenho recorde. Anteriormente, foi vice-presidente e gerente geral de Gestão e Operações de Cadeia de suprimentos da Boeing Aviação Comercial, responsável pelos grupos de Gerenciamento de Fornecedores, Fabricação, Sistemas de Propulsão e Qualidade. Deal se juntou à empresa como engenheiro no programa de aeronave militar C-17 e também ocupou cargos seniores em vendas e marketing.

“Stan é um líder excepcionalmente capaz e experiente e que está perfeitamente preparado para erguer o negócio de serviços integrados da Boeing e para expandir nossa participação em um mercado global de serviços comerciais e de defesa estimado em US$ 2,5 trilhões nos próximos dez anos”, disse Muilenburg. “O crescimento substancial de serviços é fundamental para a estratégia da Boeing ao entrarmos em nosso segundo século, e essa mudança é um fator chave para acelerar nossos esforços e proporcionar valor crescente para os nossos clientes”.

Deal começará finalizando e executando imediatamente planos detalhados e deliberados para estruturar e organizar o novo negócio, garantindo que todos os compromissos de cliente a curto prazo sejam cumpridos e o valor seja maximizado a longo prazo. Durante a transição ele trabalhará em estreita colaboração com o vice-presidente Ray Conner e com a presidente e CEO de Defesa, Espaço e Segurança, Leanne Caret.

A Boeing Serviços Globais está programada para começar a operar como a terceira maior unidade de negócios da empresa até o terceiro trimestre de 2017, com um pequeno grupo central sediado em Dallas, onde a Aviall tem atualmente presença considerável. Embora os detalhes específicos do negócio e as demais atribuições de liderança ainda estejam por ser anunciados, a grande maioria do trabalho realizado pela Boeing Serviços Globais deverá permanecer em localidades existentes.

Deal e McAllister se juntaram à Caret como líderes de unidades de negócios reportando diretamente a Muilenburg. Eles também irão se juntar ao Conselho Executivo da empresa, sendo que as nomeações entram em vigo a partir de hoje.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e Bacharel em Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.