British Airways retorna para o Chile e inaugura voo sem escalas.

Nesta Quarta, pontualmente às 09h40 no horário local, pouso o voo British 251, que liga pela primeira vez Londres à Santiago do Chile sem escalas. Em 2000 a British Airways suspendeu as operações para o Chile, na época os voos eram feitos com escala em Buenos Aires.

A rota inaugurada agora é a mais longa operada pela British Airways, o voo dura 14 horas e 40 minutos, e é operado com o moderníssimo Boeing 787-9 Dreamliner. O retorno da ligação com o Chile faz parte do plano de recuperação da empresa com rotas vitais para o comércio.

“Estou muito satisfeito com retorno ao Chile” disse Alex Cruz, presidente e CEO da British Airways. “Este novo serviço sem escalas ajudará o crescimento do turismo e expandirá o comércio entre o Chile a Europa” destacou o executivo em menção ao constante crescimento das economias locais como parte fundamental para ínicio de novas rotas aéreas.

“A chegada da British Airways com um voo direto a um dos aeroportos mais importante da Europa, nos enche de orgulho porque aumentamos em torno de 20% a capacidade oferecida neste mercado. Mais voos diretos para a Europa, significa não apenas mais comidade para os passageiros, sim um incentivo novo para viajar e uma ferramente a mais para alavancar o turismo no Chile.” comenta Nicolás Claude, diretor geral do Nuevo Pudahuel, administradora do Aeroporto Internacional de Santiago.

Nova primeira classe no Boeing 787-9 da British Airways.

Os voos decolam de Londres às 22h nas Terças, Quartas, Sextas e Domingo,chegando às 09h40 do outro dia no Chile, de onde partem de volta ao Reino Unido às 18h45, chegando na capital do reino em torno de meio-dia.

“Santiago é a porta de entrada para a Aliança do Pacífico. Isto é mais que um simples avião, é um sinal de confiança e mostra a importância que o Chile tem pro Reino Unido” declarou Trevor Heines, diretor comercial da Embaixada Britânica no Chile.

Bandeira do Chile é levantada pela tripulação da British Airways.

Informações e fotos por Ricardo Delpiano, do blog En Vivo Desde SCL.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e Bacharel em Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.

12 Comments:

  1. Pelo menos é oneworld. Codeshare com a LT. Camila Ferreira

  2. E rolando 787-9. Que sonho seria se fizesse o BA246/7 na rota LHR – GRU.

  3. Percebi outra cidade com Operação da British esta semana. E não tinha 787 dreamilier não.

  4. Essa cia deve ser ótima,o avião tb é ótimo,os dois países de economias exelentes mas por favor chilenos,ampliem e agilizem esse aeroporto de Santiago.Quase 3 horas pra entrar ou sair.Sistema sempre lento ou sem sistema,ar condicionado não funciona,apertado pra caramba.Uma droga de aeroporto.Coitado dos britanicos qdo chegarem ai.

  5. Será mais uma alternativa para conectar a Austrália e a Nova Zelandia com a Europa, através da aliança Oneworld com a Qantas, Latam e British Airways.

Comente