Bruce Dickinson fala sobre a situação do 747 Ed Force One

Bruce Dickinson Santiago

Bruce Dickinson, piloto do Ed Force One e líder da banda Iron Maiden, comentou em entrevista sobre o incidente do Boeing 747-400 que ocorreu no último sábado, dia 12 de Março, na capital chilena de Santiago, enquanto o avião era rebocado para ser reabastecido.

“Ninguém pode explicar como essa pequena peça – o pino de direção – se soltou e encontraram ela 50 metros atrás do avião. Então é algo muito incomum de acontecer, é interessante qual o motivo que poderia ser, eu não gostaria de especular.” disse Bruce, claramente chateado com a situação.

“O mais importante é que ninguém se feriu gravemente. Nós iremos trazer engenheiros extras para termos o avião de volta em um tempo de dias, não de semanas.” completou o líder da banda.

Fontes no EUA afirmam que os engenheiros aeronáuticos seriam da companhia aérea Delta, de Atlanta, a maior operadora de 747 das Américas, e em breve a única do EUA com a United aposentando seus jumbos ainda este ano.

Os shows no Brasil continuam como programado, a reportagem chilena ainda complementou que é esperado que o Ed Force One chegue em perfeitas condições na Argentina, que tem seu próximo show programado para amanhã, Terça-Feira, em Buenos Aires.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e Bacharel em Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.

3 Comments:

  1. Esta barra quebra justamente para não afetar o trem de pouso, mas pode ter sido outro problema na mesma.

  2. Matheus Arêa Leão sera gque a gente ainda vai ve lo aqui

  3. Émerson Reis Adam Altenhofen Felipe Medeiros Barata ó ó ó! eu acredito!!! Vai que dá! 😀

Comente