Comissária ajuda a pousar avião após co-piloto ficar inconsciente.


Uma história que poderia ser um filme de Hollywood, aconteceu na vida real. Uma comissária ajudou o comandante a pousar o avião após o co-piloto passar mau e ficar inconsciente no meio do voo. O fato aconteceu em 11 de outubro de 2016, com a empresa aérea alemã TUI Fly, e só foi revelado publicamente e com detalhes agora.




O drama aconteceu a bordo de um Boeing 737-800 com destino a Mallorca, na Espanha. No momento do incidente, a aeronave sobrevoava o Mar Mediterrâneo. Conforme dados da Agência Alemã de Investigações de Acidentes Aéreos (BfU) revelados essa semana, o co-piloto sentiu-se repentinamente mau devido à tontura e extrema baixa pressão sanguínea, ficando inconsciente. Nesse momento, uma das comissárias tomou seu lugar no cockpit e deu apoio ao comandante no restante do voo.

Com 190 passageiros a bordo, o Boeing pousou normalmente em Mallorca. O apoio da comissária foi com checklists e acompanhamento dos procedimentos, já que, além de especialista em segurança de voo, ela também tinha noções de pilotagem. O pouso em si foi executado pelo comandante.

O porta-voz da TUI Fly, Jan Hillrichs declarou que “tripulação agiu exemplarmente durante o incidente”. Markus Wahl, da Associação de Pilotos e Engenheiros Aeronáuticos da Alemanha disse que “os pilotos podem, a qualquer tempo, pousar o avião atuando sozinhos, já que é parte do seu treinamento. Mas também podem decidir quem chamar para ajudar em caso de situações de emergência”.

A conclusão da agência alemã foi de que o procedimento adotado pelo comandante foi correto. A empresa aérea disse que vai recompensar a comissária por sua ação.

Uma situação rara, que mostrou a resiliência da tripulação para lidar com situações de emergência e que reforça a importância dos comissários de voo.

Do diário RT

  • Ingrid Costa

  • Lincoln Santos maaano

  • é possivel sim vai ver ela jogava fsx

  • Cleber Von Linde

  • Importância do comissário de bordo!

  • Todos que trabalham em uma aeronave deveriam sim, ter treinamento para pousar em situação como esta.

  • Darly Júnior Fernando Gonçalves

  • Raissa Santana

  • Caio Barros Erik Rantin

  • Olha Eduardo Silva

  • Xodo Eliomar

  • Manoela Harada

  • Matheus Canhas

  • Guilherme Ferreira

  • Trabalho pra Tuifly e os treinamentos que recebemos são de preparação pra qualquer ocasião… desde a Checklist até desligamento das turbinas. Parabéns a essa amiga de trabalho (:

    • Motores*

    • Foi mau pelo erro, mas traduzindo ao pé da letra do alemão para português ainda sim dizemos turbinas xD

  • Acho que deveria virar regra, principalmente em voos de grandes distâncias ter um comissário de bordo que poderia virar um “3º piloto” em caso de emergência.

    • Vôos de gdes distâncias tem engenheiro junto.

    • acredito que engenheiro não seja mais necessário, se os voos são de grande distância, mais pilotos são escalados para fazer o voo.

  • Legal parabéns

  • Pablo Daniel Sá

  • Olha aí Rita Cássia Clarissa Helen Fabíolla Faby Lyjannda Freitas Anderson Silva Jefferson Felipe Gabriella Silva Ferreira

  • Marcos Araujo

  • Caio Henrique

  • Erika e Melissa ctza que vocês fariam igual 😀 e se tiver wifi no aviao nesses casos e surgir alguma duvida, me chama no facetime que dou uns pitacos hein! kkkkk

  • Lilian Lavorente

  • Aí Angelita Carla

  • Cada dia amo mais essa area ✈

  • Whaat…?Bull shit

  • Existe uma emergência chamada pilot incapacitation e a primeira coisa que o cmt faz é chamar a comissária para ajustar a cadeira para traz e ajustar os cintos para que o piloto incapacitado não interfira nos comandos da aeronave.
    Deve ter sido isso que ela fez …Pousar um jato requer muto estudo e experiência.
    Mas parabéns a comissária por ter ajudado.

    • Pelo que diz no texto, ela ajudou nos checklists. Quem pousou a aeronave foi o piloto.

      Nessa companhia, os comissarios tem treinamento de checklist para pelo menos assumir as funções básicas do co-piloto.