Como é voar com a GOL para Buenos Aires.

024

Para o passageiro de negócios ou turismo, uma das grandes vantagens de voar GOL para a capital argentina é a possibilidade de descer no Aeroparque, aeroporto localizado a poucos quilômetros do centro; outro ponto positivo da viagem foi o espaço entre os assentos. Conheça mais características do voo.

O check-in da GOL é um dos poucos a abrir online com três dias antes da viagem. Para ser sincero, eu não conheço outro com esse prazo (pode ser que exista), geralmente as empresas permitem a confirmação de presença com dois dias de antecedência. O procedimento pela web é bem simples e intuitivo, não levando mais do que 5 minutos, pelo aplicativo de smartphones é ainda mais rápido.

No aeroporto, o embarque internacional da empresa acontece no terminal 2 do GRU Airport, que atualmente está menos ‘saturado’, sobretudo por que mais de 80% dos voos internacionais passaram a ser operados a partir do Terminal 3.

O processo de despacho de bagagem foi igualmente rápido, com vários balcões disponíveis, fiquei na fila de check-in menos de 10 minutos e em pouco tempo estava na sala de embarque. Nossa aeronave seria um modelo 737-800 da Boeing, no qual embarcamos a partir de uma área remota no pátio, distante do terminal; não tenho problemas com isso).

Confesso que o espaço para as pernas me causou uma surpresa positiva. Penso que uma pessoa de 1,90 acomoda-se tranquilamente na GOL. Procurei ilustrar um pouco com as fotos abaixo.

 

A largura do assento é normal para essa categoria de aeronave e para a classe econômica, portanto, o bom senso do passageiro é fundamental. O homem que estava ao meu lado ocupou todo o apoio de braço e  um pouco do espaço do meu assento, antes tivesse negociado com o homem fileira ao lado, que estava sozinho e até deitou-se usando os três assentos (veja nas fotos abaixo).

O voo em si foi muito tranquilo. A mim agrada muito voar no Boeing 737-800, uma aeronave extremamente confiável e um sucesso de vendas da fabricante americana, com mais de 3.800 em operação no mundo.

O serviço de bordo da GOL é simples e resumiu-se a um sanduíche de queijo e peito de peru e uma bebida. Para quem quisesse, haviam mais opções no cardápio a bordo, mas eu preferi ficar somente na cortesia. Me causou saudosismo ver a trolley (carrinho onde ficam os alimentos) com o nome da VARIG, relembrando outro grande momento da aviação brasileira.

 

Nesse trecho não há entretenimento de bordo, salvo a Revista GOL, que trata de variedades e fala sobre algumas curiosidades do mundo da aviação – ponto para a GOL nesse aspecto, já que no Brasil existe uma necessidade grande de promover a cultura aeronáutica que, aliás, é nossa missão no AEROIN.

A GOL vende o encosto de seus assentos como espaço publicitário e outras grandes companhias adesivam ali sua mensagem. Como profissional de marketing e entusiasta da matéria, penso que toda a forma de receita é bem vinda para as empresas aéreas, sobretudo em tempos turbulentos como o atual. Então, apoio a ideia da GOL, que é muito aplicada no mundo todo.

Sentado na janela, apreciei os cenários que se apresentavam como o Rio de la Plata, que separa a Argentina do Uruguai; o Estádio Monumental de Nuñez, do River Plate; além, é claro, da visão panorâmica da charmosa cidade de Buenos Aires.

No geral, o voo foi  satisfatório, me atendeu bem e ainda consegui chegar no escritório a tempo de algumas reuniões, isso por que desci no aeroporto mais central da capital argentina, o Aeroparque. Dali ao centro são menos de 20 minutos.

Voou com a GOLCarlos Ferreira, editor do AEROIN.

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.

31 Comments:

  1. Tenho 1,96 de altura e pra mim sinceramente falta espaço entre os bancos para uma pessoa da minha estatura

  2. Allesson Allen eles dão e um copo de água rsrsrs

  3. Gosto da azul, q dia vai ter pra lá?

  4. Se não estou enganado o Check -in on line da Azul tbm é três dias antes do vôo…

  5. Voar Gol e viajar numa lata de sardinhas.

  6. Fiz o novo BSB-EZE-BSB e foi servido almoço a bordo, uma massa com bebidas.

  7. A gol vem melhorando muito de uns tempos pra cá!

  8. Tam também opera alguns voos no Aeroparque, não só a Gol!

  9. A Azul bate a Gol em milhões de vezes. É até sem graça comparar. Assim como a Avianca, é uma empresa com serviço de bordo decente e bem feito.
    Voar num ERJ195 deixa o 737 no chinelo.

  10. Nenhuma outra é pior do que a Gol.

  11. Alguem leu o contrato de compra quando fez sua reserva da passagem?

  12. apertado, sufoco, lanche(quero viajar não comer) mais tendo em vista que outras cias servem uma refeição mesmo com a distância curta !! enfim…. vão e tirem suas xô conclusões! !!!

  13. A Azul também disponibiliza o check-in 3 dias antes via computador ou smartphone.

  14. Soléria Albuquerque

    Ola eu tenho 1 hamster seráque consigo embarcar com ele?

Comente