Como se pesa um enorme avião comercial?

Imagem: KLM Blog.

Aviões comerciais precisam ser regularmente pesados para que seja possível fazer, com precisão, os cálculos de peso e balanceamento necessários a cada voo realizado. O balanceamento da aeronave é tão importante que as empresas aéreas possuem um cargo específico, o DOV – Despachante Operacional de Voo, que, dentre outras tarefas, define juntamento com o comandante como estarão dispostos os pesos a bordo da aeronave (combustível, passageiros, bagagens, cargas, entre outros).




Assim, é fundamental que a distribuição de peso da própria aeronave, em sua condição de peso vazio, seja exatamente conhecida para a utilização da informação nos cálculos de balanceamento. Reparos na estrutura, alterações de configuração interna, instalação/remoção de equipamentos eletrônicos, entre outros, podem alterar a distribuição de peso. Mas como fazer para colocar uma aeronave de dezenas de toneladas em cima de uma balança?

A jornalista Jessey de Graaf, do blog da KLM, resolveu matar essa interessante curiosidade sobre como se pesa um avião.

Jessey precisou de um pouco de tempo até conseguir programar uma visita com Michel, o Engenheiro de Peso e Balanceamento da companhia holandesa. Antes de mais nada, pesar um avião não é algo que se possa fazer em um piscar de olhos. “A preparação para a pesagem é afetada por diversos fatores, como a disponibilidade de pessoal técnico e espaço, por exemplo, então é difícil planejar exatamente quando a pesagem será iniciada”, comenta o Engenheiro.

Imagem: KLM Blog.

De quatro em quatro anos

Michel já trabalha com Peso e Balanceamento há 14 anos. Com mais dois companheiros de trabalho, ele é responsável por pesar toda a frota da KLM. “A cada quatro anos chega o momento de definir o novo ‘peso vazio básico’ para se garantir que a informação de peso e posição do centro de gravidade está atualizada. O regulamento determina que uma aeronave que não tenha sido pesada nos últimos quatro anos não está autorizada a voar. E a informação correta de peso e centro de gravidade também é fundamental para se voar a aeronave com a máxima eficiência possível, reduzindo-se o consumo de combustível.”

O peso vazio básico é o peso da aeronave sem qualquer conteúdo. Tudo que fica a bordo é pesado separadamente: cortinas, almofadas, carpetes, safety cards, revistas de bordo, carrinhos de catering, e até toalhas de papel.

“O peso de cada item na lista de conteúdo das aeronaves fica registrado na nossa base de dados. Um safety card, por exemplo, pesa 0,018 quilos (18 gramas) e a nossa revista de bordo, 0,306 quilos (306 gramas). Mas todo mês nossos companheiros de trabalho do setor de voo nos atualizam com o peso das novas edições da revista.”

O escritório de Michel possui diversos armários contendo pastas-arquivo azuis. “Cada aeronave possui sua própria pasta. E cada registro dentro da pasta possui sua informação precisa de peso e centro de gravidade.”

O momento da pesagem

Imagem: KLM Blog.

Após uma introdução no escritório, Michel levou Jessey ao Hangar 10, onde um 737-700 aguardava o momento da pesagem. Existem duas formas de realizar a pesagem: usando células de carga, em que a aeronave é suspensa por macacos hidráulicos, ou usando plataformas de pesagem.

No caso deste 737, um trator de push-back o colocou sobre plataformas amarelas, conforme o vídeo que você verá mais abaixo. Cada roda fica sobre sua própria balança. “Podemos calcular o peso total ao combinar os pesos medidos em cada plataforma. É muito importante que a aeronave esteja exatamente horizontal nesse momento. Para garantir isso, utilizamos uma linha de prumo com um peso de chumbo na ponta”.

Prumo no interior da aeronave, utilizado para deixar a aeronave exatamente na horizontal. Imagem: KLM Blog.

Após o 737 ser colocado e tirado de cima das balanças por três vezes, Michel e seus companheiros podem definir com certeza o novo peso. “Esse peso não fica muito longe da nossa previsão. Ele pesa 38.321,6 kg, apensa 21 kg diferente do que prevíamos.”




 

Em resumo, o processo de pesagem ocorre pela seguinte sequência:
– A cada quatro anos os registros da aeronave indicam que chegou o momento da pesagem;
– Um apontamento de Peso e Balanceamento chega ao hangar;
– A aeronave é completamente esvaziada. O combustível é todo drenado até a última gota. A água para consumo e a dos banheiros é removida;
– Os Engenheiros de solo preparam a aeronave para garantir que está realmente vazia e seca (até mesmo água da chuva acumulada em qualquer canto pode influenciar as medidas);
– O Engenheiro de Peso e Balanceamento verifica, através de uma checklist, que tudo que deveria ser removido realmente não está na aeronave;
– A aeronave é pesada;
– O peso é registrado.

Planilhas de balanceamento

Ok, já sabemos como descobrir o peso vazio a ser usado nos cálculos. Mas como fazemos para saber quão pesado está um avião, bem como saber seu balanceamento, cada vez que ele realiza seus voos?

Obviamente não é possível saber quanto é o peso exato da combinação de todos os passageiros. “Uma diferença média de peso é calculada para cada grupo populacional. Uma mulher europeia costuma pesar em média 72 quilos. Uma chinesa geralmente possui estrutura corporal menor, então estima-se um peso um pouco mais baixo. O mesmo ocorre com as bagagens. Não é permitido que uma mala possua mais do que 23 quilos (ou 32 quilos na Business Class), por exemplo. Então é importante que seja sempre seguida a norma, para que possamos estimar o peso com a maior precisão possível.”

Quanto ao balanceamento, imagine que você coloque seu dedo precisamente no meio de uma régua. Ela ficará balanceada na horizontal, não é mesmo? Se você colocar qualquer peso em uma das pontas dela, ela tombará. É exatamente o que ocorre nos aviões, e é por isso que algumas vezes passageiros precisam mudar de lugar. Imagine que a aeronave é sua régua. Se a maior parte do peso dos passageiros estiver no fundo, o nariz da aeronave subirá. Se a maioria estiver na frente, o nariz descerá. Então alguns passageiros são mudados de lugar para um melhor equilíbrio.

Por curiosidade, confira o peso aproximado de algumas aeronaves comerciais:
A330: 120.000 kg
777-200: 143.000 kg
777-300: 166.000 kg
747: 180.000 kg

 
Adaptado do KLM Blog.
 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.