Delta Airlines fecha compra de 75 Bombardier CSeries em negócio histórico.

Bombardier e Delta

A Bombardier e a Delta Airlines assinaram hoje (28) o acordo histórico da venda de 75 aeronaves CS100 com opções para mais 50. Com isso, a fabricante canadense fechou seu maior contrato de aeronaves comerciais e abriu sua porta de entrada aos Estados Unidos.

O negócio tem valor aproximado de US$ 5.6 bi e as entregas estão previstas para começar no primeiro semestre de 2018. A qualquer momento as opções podem ser convertidas ao CS300, variante de maior capacidade do modelo. Uma coletiva de imprensa será concedida daqui a pouco no Canadá para selar a nova parceria.

“Receber a Delta, referência no mercado aeronáutico, como cliente da família C Series é um momento crucial para o projeto. Esse pedido garante o CS100 como uma aeronave de performance superior e custos baixos, e também vai trazer uma nova experiência aos passageiros da companhia”, afirmou em nota Fred Cromer, Presidente da Bombardier – Aeronaves Comerciais.

A marca também consolida a Delta como o maior operador do novo conceito C Series no mundo.

“Estamos constantemente renovando a frota e as inovações que o C Series traz a bordo vai proporcionar um complemento significativo ao serviço de nossos funcionários.” disse Ed Bastian, CEO da Delta Airlines.

Sobre o C Series

Com o emprego de materiais aeronáuticos de última tecnologia e aerodinâmica,  além dos reatores Pratt & Whitney PurePower PW1500G, o CS100 promete até 20% de economia operacional e foca o mercado de 100 a 150 assentos.

ExecutivosBombardier-Delta

Delta e Bombardier

André Le Senechal

Pesquisador apaixonado, piloto privado. Aluno de Aviação Civil na Anhembi Morumbi. Respira o ar do Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos. Assíduo praticante de Plane Spotting e Simuladores de voo.