Delta deve comprar 200 novos aviões até o final do ano

Boeing 737-800 da Delta decola de Los Angeles, Califórnia

A Delta Airlines está próxima de uma mega encomenda segundo o portal Bloomberg. Pessoas próximas à companhia informaram que a Delta pretende fazer 100 pedidos firmes com opções de compra para mais 100 aeronaves, e que isso seria decidido até o final deste ano.




A encomenda está avaliada em mais de $12.7 bilhões de dólares, sendo que novamente o Airbus A320neo e o Boeing 737 MAX estão disputando os pedidos. A Delta é a única das grandes empresas aéreas americanas que não encomendou aeronaves de corredor único (narrowbody) da última geração. A renovação da frota de curto alcance se limitou à encomenda do Bombardier CSeries CS100 para substituir o Boeing 717, aquisição que está comprometida até o momento após ação da Boeing.

Agora a companhia de Atlanta,no estado da Geórgia, quer substituir os já antigos MadDogs (McDonnell Douglas MD-90), como também os Boeings 757 e Airbus A320 mais antigos. A decisão pode colocar em cheque a relação histórica da companhia com a compatriota Boeing, que comprometeu a última encomenda da Delta após perdê-la para a Bombardier. Os ventos não estão favoráveis para a Boeing, já que a Airbus fez uma jogada de mestre e adquiriu o projeto CSeries, que será produzido no estado vizinho do Alabama.

Apesar de não comentar oficialmente a encomenda, o CEO da Delta, Ed Bastian, havia dito no mês passado que a companhia iria decidir entre o 737 MAX ou o A320neo em um prazo de 6 à 12 meses. Mas, aparentemente, a decisão foi adiantado visto que a situação ficou mais favorável para a aérea negociar após o acordo entre Airbus e Bombardier.

Fontes apontam que se a escolha for Boeing, a companhia irá levar o MAX 8 e o maior MAX 10. Já se a companhia continuar a optar por aviões da Airbus, a escolha será o A320neo e o A321neo.

Com informações da Bloomberg.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e Bacharel em Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.