Edelweiss muda equipamento na rota entre Rio de Janeiro e Zurique.


Um ano após iniciar seus voos na rota entre Rio de Janeiro e Zurique, a Edelweiss promove a mudança do equipamento no trecho. A partir de 1º de Maio, o voo será operado pelo Airbus A340-300, no lugar do A330-300.




A mudança mantém a oferta atual de assentos, já que o A340-300, ex-Swiss, é configurado para 314 passageiros, enquanto o A330-300 tem capacidade para 315. No entanto, o A340 oferece 20 assentos a mais na Economy Max (a Premium Economy da Edelweiss), os mesmos 20 a menos na econômica, sinal de que o público da Edelweiss busca por um serviço mais premium.

A Edelweiss é uma companhia aérea irmã da Swiss International Air Lines (SWISS), e ofere uma cabine long-haul totalmente nova. A Business Class é equipada com 27 assentos full lie-flat (reclinação horizontal) e um novo Sistema de entretenimento de bordo que inclui telas de 16 polegadas. A Economy Max oferece aos passageiros 15 cm a mais de espaço para as pernas e muitos outros itens de amenidades. A classe econômica, por sua vez, foi também recentemente remodelada com novos assentos e novo Sistema de entretenimento que inclui telas Touch Screen.

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.
  • A configuração desse A340 fez ele ficar com uma poltrona de econômica a menos que o A330?

    • Esse A340 tem 20 assentos de Premium Economy, que devem ter mais espaço entre uma e outra, o que faz perder assento na Econômica normal.

  • LEGAL.

  • Deixam de operar uma aeronave mais nova no caso do A330,para operar com um A340 sucatão do tempo do dinossauro.

    • Tempo do dinossauro tbm não neh? As aeronaves são de 2003! Heheh

    • Sim ….estamos em 2017. É o que dá; “Empresas criam outras e renovam a frota, transferem os sucatões para a nova subsidiária de baixo custo”.

    • Tem empresa brasileira com aviões com 20 anos ou mais em operação ainda, alguns de “terceira mão”

    • So reformar, e ta tudo certo, dentro da China tem avioes com mais de 20 anos voando, interior renovado, manutencao em dia, nao vejo nada demais…

    • Eu também não vejo problema nenhum, só comentei pq estão chamando esses 340 com 13/14 anos de sucatões

  • Olha Biondo Junior

  • Pra colocarem um avião mais velho e menos econômico, sinal q têm outras prioridades

    • Ok, de qualquer forma o passageiro perde, pous percebe a idade da frota…Pergunta: nesses voos longos, qdo o A340 se torna mais econômico q o A330?

    • Sim, a prioridade é levar passageiro mais high-yield e mais carga. Aliás, os A340 e os A330 da WK tem o mesmo interior 🙂

    • Nem todos A340 Da Wk São velhos.. O Interior é igual a do A330!

  • Kkkkkk é mesmo