Em novo filme de ação, Tom Cruise é piloto corrupto da CIA

Tom Cruise é um dos atores mais famosos de Hollywood e se consagrou pelo seu papel como piloto da marinha americana em Top Gun, o filme mais clássico sobre aviação já feito. Recentemente ele confirmou a volta como Maverick em Top Gun 2, mas antes disso irá decolar novamente como Barry Seal, um piloto no mínimo incomum que trabalhou para a CIA, DEA e Pablo Escobar.




Barry é um americano que começou cedo na aviação entrando na Patrulha Aérea Civil, sendo um dos melhores da sua turma, depois foi para a aérea Trans World Airlines, a famosa TWA. Isso até ser expulso da companhia aérea, e arranjar um trabalho como piloto do Pablo Escobar, o maior traficante de drogas da época. Após ser pego em uma operação, é lhe feito uma proposta: ser agente duplo, trabalhar para a CIA e o DEA (Departamento Anti-drogas dos EUA).

Proposta aceita, Barry irá fazer loucuras levando drogas e fazendo parte da guerra contra os cartéis. As suas aventuras vão desde pousar no meio de um bairro em Miami à fazer sexo com sua esposa enquanto pilota. Estas histórias e outras são retratadas no filme Feito na América, que estréia no dia 31 de Agosto no Brasil, um mês antes que nos EUA, confira o trailer abaixo:

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e Bacharel em Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.

Comente