Embraer A-29 Super Tucano é finalista na concorrência da Força Aérea Americana

Após os testes realizados em agosto de 2017, a Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) anunciou que irá continuar o programa de Aeronaves de Ataque Leve (LAS) com o Textron AT-6 Wolverine e o Embraer A-29 Super Tucano.




Agora as duas aeronaves irão fazer testes adicionais na base aérea de Davis-Monthan no Arizona, para depois a USAF fazer uma seleção final. “Ao invés de fazermos uma demonstração de combate, nós decidimos trabalhar próximo a indústria para experimentar a aeronave juntamente com a parte de manutenção, conexão de dados e sensores das duas aeronaves mais promissoras do LAS” declarou a secretária da Força Aérea, Heather Wilson.

“Isto nos permitiu conseguir os dados para uma compra rápida” complementou Heather. O principal vetor de ataque ao solo da USAF, o A-10 Thunderbolt II, conhecido também como Warthog, será aposentado no futuro próximo, ainda sem data definida. A aeronave está sendo substituída pelo F-35A Lightning II, caça stealth multi-função.

O A-10 foi concebido no período da Guerra Fria, aonde o principal inimigo dos EUA, a URSS, contava com um número imenso de tanques e blindados, em compensação os EUA contavam com o domino aéreo e o Warthog foi feito para esta situação: ser um tanque voador que em apenas uma surtida poderia eliminar diversos blindados inimigos.

Com o fim da Guerra Fria e a ascenção da Guerra ao Terror, a aeronave foi sub utilizada apesar de ainda amada pelos pilotos e soldados em terra. Desta maneira o F-35A irá cobrir a função anti-veículo/estruturas do A-10, e a aeronave a ser escolhida no LAS irá cobrir a lacuna para suporte leve contra inimigos em veículos leves ou a pé.

O favorito nesta disputa é o Embraer A-29 Super Tucano. O avião já nasceu desenvolvido para combate e registrou seus primeiros confrontos na guerra contra o tráfico na Colômbia e na Guerra do Afeganistão. Neste último conflito foi utilizado pela Força Aérea Afegã (AAF), após um contrato similar ao LAS, em que a USAF escolheu a aeronave de ataque da AAF, sendo o A-29 escolhido sob o AT-6.

Outras aeronaves que participaram desta competição foram o Textron Scorpion e o Air Tractor AT-802. Apesar de uma data para a decisão final não estar definida, é esperado que a USAF escolha a aeronave do LAS até o final deste ano. Caso o A-29 seja escolhido, será construído em Jacksonville, Flórida pela subsidiária local da Embraer, a Sierra Nevada Corporation.

Com informações da Assesoria de Imprensa da USAF

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e Bacharel em Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.