Embraer E195-E2 pousa em Teresina para realizar testes em altas temperaturas.

No último dia 6/6, a maior aeronave comercial desenvolvida no Brasil, o modelo E195-E2,  da Embraer, pousou no Aeroporto de Teresina/Senador Petrônio Portella (PI). A aeronave realizou um voo experimental, decolando do Aeródromo Gavião Peixoto, em São Paulo, e pousando em Teresina às 11h25min.





A operação provocou grande alvoroço entre os fotógrafos da aviação piauiense, que foram autorizados a acessar ao pátio para apreciar e fotografar a nova aeronave.

O equipamento, de prefixo PR-ZIJ, que ainda se encontra em fase de testes e certificação, faz parte da segunda geração da família de E-Jets. O modelo E195-E2 entrará em operação comercial a partir de 2019, com capacidade para até 146 passageiros. Contudo, o primeiro modelo da segunda geração de E-Jets a iniciar operações, no primeiro semestre de 2018, será o E190-E2.

O voo tripulado pelo comandante Anderson de Oliveira veio com 11 pessoas a bordo, entre técnicos da Embraer e uma representante da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), encarregada de avaliar e certificar o equipamento, sendo este o primeiro pouso fora dos campos de teste da empresa.

O Aeroporto de Teresina foi escolhido para a operação por reunir as condições atmosféricas e de temperatura ideais para aferir o APU (uma unidade de força auxiliar que fica na cauda da aeronave).

Fotos e informações pela Assessoria de Imprensa da Infraero

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e graduando de Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.