Embraer KC-390 avança rumo à entrada em operação.


Em vídeo divulgado pela Força Aérea Brasileira são mostrados momentos do projeto KC390, desde sua concepção até os primeiros testes de voo.

E agora, já completadas mais de 150 horas na fase de certificação, são feitos ensaios em voo próximos à unidade da Embraer em Gavião Peixoto (SP). Nesta fase, mais de 1.100 profissionais da fabricante avaliam sua performance e comportamento em diversos envelopes de voo. Eles pretendem conseguir até o fim de 2017 sua certificação civil junto à ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) e do IFI – Instituto de Fomento e Coordenação Industrial, órgão da FAB que dará autonomia para o KC-390 realizar missões militares reais.

O projeto já conta com a intenção de compra e cooperação de diversos países, entre eles Chile, Argentina, Colômbia, Portugal e República Tcheca. O valor total do contrato entre o Comando da Aeronáutica e a Embraer para o desenvolvimento já passou de 4 bilhões de reais e é mais um exemplo de sucesso dessa parceria.

Ficha Técnica KC-390

  • Reatores: IAE V2500-E5
  • Envergadura: 35 m
  • Comprimento: 35,2 m
  • Altura: 11,8 m
  • Velocidade máxima de cruzeiro: 470 nós (870 km/h) / Mach .80
  • Altitude máxima: 36.000 pés (11.000 m)
  • Alcance (c/ 23 toneladas de carga): 1.380 milhas náuticas (2.556 km)
  • Alcance de translado: 3.350 nm (6.200 km)
  • Configurações de carga: 80 soldados, 66 paraquedistas, 74 macas, 7 pallets 473L, 3 veículos Humvee, 1 helicóptero Blackhawk, 1 blindado LAV-25, entre outras.
Aviônicos de última geração serão fornecidos pela Rockwell Collins (Foto: Divulgação)

Aviônicos de última geração serão fornecidos pela Rockwell Collins (Foto: Divulgação)

 

 

 

André Le Senechal

Pesquisador apaixonado, piloto privado. Aluno de Aviação Civil na Anhembi Morumbi. Respira o ar do Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos. Assíduo praticante de Plane Spotting e Simuladores de voo.