EMBRAER tem lucro de R$ 241 milhões e entrega 221 aeronaves em 2015.

IMG_7850 1
No 4º trimestre de 2015 (4T15), a Embraer entregou 33 aeronaves comerciais e 45 executivas (25 jatos leves e 20 grandes). No ano, a Companhia entregou um total de 101 aeronaves comerciais, superando sua estimativa anual e 120 aeronaves executivas (82 jatos leves e 38 jatos grandes), alcançando sua estimativa de entregas para 2015.

Seguem alguns números divulgados nesta data pela terceira maior fabricante de aeronaves do mundo

– A Receita líquida atingiu R$ 7.994,8 milhões no 4T15 e R$ 20.301,8 milhões no ano, atingindo as estimativas da Companhia para o ano;

– As margens EBIT e EBITDA² atingiram 3,1% e 7,9%, respectivamente, no 4T15 e no ano ficaram em 5,4% e 10,7% respectivamente;

– Excluindo-se a provisão relacionada ao pedido de concordata da Republic Airways Holdings, no 4T15 as margens EBIT e EBITDA seriam de 8,0% e 12,8% e no ano seriam de 7,4% e 12,6% respectivamente. A Margem EBITDA ajustada (excluindo-se os itens não recorrentes) ficou dentro das estimativas anuais da Companhia de 12,6% a 13,6%, embora a margem EBIT tenha ficado abaixo da estimativa para 2015;

– A Geração livre de caixa no 4T15 foi de consistentes R$ 2.551,8 milhões, encerrando o ano em R$ 1.244,6 milhões, bem acima do Uso livre de caixa apresentado em 2014 de R$ 823,8 milhões. A Embraer encerrou 2015 com Caixa líquido de R$ 28,4 milhões, comparada à dívida líquida de R$ 102,6 milhões em 2014;

– No 4T15, a Embraer apresentou Lucro líquido de R$ 425,8 milhões e Lucro por ação de R$ 0,5832 (R$ 683,6 milhões e R$ 0,9362, excluindo impostos diferidos e provisão relacionada ao pedido de concordata da Republic). No ano, o Lucro líquido total foi de R$ 241,6 milhões e o Lucro por ação ficou em R$ 0,3309 (R$ 499,4 milhões e R$ 0,6839 excluindo esses mesmos itens);

– Para 2016, a estimativa da Companhia é de atingir Receita líquida de US$ 6,0 a US$ 6,4 bilhões, impulsionada pelas entregas estimadas de 105 a 110 jatos na Aviação Comercial, de 40 a 50 jatos grandes e de 75 a 85 jatos leves na Aviação Executiva e pela receita de US$ 0,70 a U$ 0,75 bilhão no segmento de Defesa & Segurança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *