Emirates anuncia planos para renovação de parte da frota.

12246722_946698418752368_6041931901127644496_n
A Emirates anunciou planos para a renovação de parte da sua frota para 2016. No total, a companhia aérea aposentará 26 aeronaves, incluindo 12 A330-300, quatro A340-300, um A340-500, seis Boeing 777-200ER, dois Boeing 777-300 e um Boeing 777-300ER.

A idade média dos equipamentos programados para a aposentadoria em 2016 é de 15,7 anos, bem abaixo da idade média da indústria, que é de 25. Além disso, mais 13 aeronaves serão aposentadas em 2017 e outras 13, em 2018.

Como forma de equilibrar seu programa de renovação de aeronaves, a Emirates receberá 36 novos aviões em 2016, incluindo 20 A380s e 16 Boeing 777-300ERs. Estes dois modelos são reconhecidos como alguns dos aviões comerciais mais eficientes e silenciosos disponíveis, emitindo em média 12% a menos de dióxido de carbono do que a aeronave que será inutilizada.

No final de 2016, com as aposentadorias e novas entregas, a idade média da frota da Emirates será de 5,6 anos, muito mais jovem do que a média global. Uma análise recente mostra que a idade média da frota das cinco principais companhias aéreas na América do Norte é de 13,6 anos, enquanto a idade média da frota das cinco principais companhias aéreas na Europa é de 10,7 anos.

Para Tim Clark, presidente da Emirates Airline, a Emirates tem um alcance global como a maior companhia aérea internacional do mundo, e responsabilidade com os passageiros, as comunidades e o planeta. “Estamos totalmente empenhados para voar uma frota moderna que é melhor para o ambiente, e oferece aos nossos clientes um nível superior de conforto e segurança. Com a aposentadoria de aeronaves mais antigas e a introdução de aeronaves novas e mais eficientes em 2016, a Emirates continuará na liderança da indústria na redução da idade de nossa frota.”

Atualmente, a Emirates possui 244 aeronaves em sua frota. Em 2015, a companhia aérea recebeu 26 novas aeronaves, incluindo 15 A380s, 10 Boeing 777-300ERs e um Boeing 777 Freighter. A companhia aérea tem 262 aeronaves adicionais encomendadas, no valor de mais de US$ 120 bilhões. Sua carteira de pedidos inclui 71 Airbus A380s, 42 Boeing 777-300ERs, 115 Boeing 777-9Xs e 35 Boeing 777-8Xs.

Quando for entregue, no início de 2020, o novo Boeing 777Xs virá com uma variedade de design tornando-o quase 20% mais eficiente do que os modelos anteriores quanto à queima de combustível. Ele também incluirá uma gama de amenidades focada nos passageiros, como janelas maiores, aumento da pressão na cabine, mais umidade, tetos mais elevados e uma cabine mais larga do que os modelos anteriores.

Além de reduzir a idade de sua frota, a Emirates também implementará uma série de outras práticas ambientais, que reduzirão as emissões de CO2. As ações incluem a instalação de FlexTracks, um programa que planeja padrões de rota de voo eficientes com base nas condições meteorológicas; táxi monomotor no solo; impulso ocioso invertido em cima da aterragem; e assistência em terra e de equipamentos de transporte eficientes em termos de combustível. A Emirates divulga suas iniciativas ambientais e dados de desempenho de emissões anualmente como parte do relatório ambiental do Grupo Emirates, disponível no www.emirates.com/environment.