EMIRATES celebra ano de conquistas com grandes marcos.

A Emirates encerrou 2016 destacando a expansão da frota e da rede, bem como por investimentos em produtos focados no cliente. Em recente divulgação ao mercado, a empresa destacou suas conquistas do ano passado (e não foram poucas).

Será que com a chegada de mais Airbus A380, as portas se abririam para que a maior aeronave do mundo venha ao Brasil regularmente em 2017? Por hora, nos resta esperar enquanto conferimos os atingimentos da empresa no ano de 2016, veja:

 

Uma frota completa de Airbus A380 e Boeing 777

A Emirates aumentou sua frota em 2016 com a inclusão de 36 novas aeronaves, que consistem em 20 A380s e 16 Boeings 777-300ERs – 29 aeronaves foram aposentadas nesse intervalo. A companhia aérea concluiu o ano com 255 aeronaves em serviço, com uma média de cinco anos de idade, significantemente abaixo da média da indústria, que é de 11 anos.

Manter uma frota jovem não só minimiza o consumo global de carbono, como também permite que a companhia aérea coloque os mais recentes produtos e serviços a bordo de seus aviões.

Em abril, a Emirates encomendou mais duas aeronaves A380, elevando a lista de encomendas total para 142, consolidando sua posição como a maior operadora mundial do popular avião de dois andares.

Em novembro, a Emirates se tornou a única companhia aérea a operar uma frota completa de Airbus A380 e Boeing 777, elevando a experiência do passageiro a bordo com uma frota moderna e tecnológica.

A empresa também começou a receber sua nova geração de A380 e Boeing 777-300ER. O novo Airbus A380 recebeu uma configuração remodelada, incluindo nova apresentação de assentos da Classe Econômica e um teto mais alto na Classe Executiva para uma melhor sensação de espaço. Os novos Boeing 777-300ER, entregues em novembro, também contam com nova de assento da Classe Executiva.

 

Expansão da malha aérea

A Emirates incluiu sete novos destinos para aviação de passageiros e mais um para aviação de carga em 2016, concluindo o ano com 154 ao todo em sua malha aérea. Os novos locais inclusos em 2016 foram: Cebu e Clark (Filipinas), Yinchuan e Zhengzhou (China), Yangon (Myanmar), Hanói (Vietnã), Fort Lauderdale (Estados Unidos) e o destino de cargas Phnom Penh, no Cambódia.

A Emirates também expandiu sua rede de A380 para 44 destinos com a inclusão de oito novos pontos. Atualmente a companhia opera a mais longa rota do mundo com o A380, de Dubai para Auckland, e a rota mais curta do mundo com a mesma aeronave, de Dubai para Doha. Durante o ano, a companhia também promoveu dois serviços únicos com o A380, para Chicago, nos Estados Unidos, e para Amã, na Jordânia.

 

Investimentos em experiência do cliente

A Emirates foi nomeada a melhor companhia aérea do mundo de 2016 pela Skytrax World Airline Awards, e a companhia aérea continuou a trabalhar duro para entregar experiências memoráveis para seus clientes ao longo do último ano, investindo em uma série de desenvolvimentos de produtos e serviços, no ar e no solo.

Recentemente, a Emirates divulgou seu novo assento para a Classe Executiva do Boeing 777, que se destaca pelo novo tamanho e pela possibilidade que oferece de dormir em uma posição totalmente plana de 180 graus. Além disso, conta com minibar pessoal e uma das maiores telas de TV da indústria, com 23 polegadas e a capacidade de transmitir o conteúdo do aparelho celular pessoal via streaming.

A Emirates também continuou inovando em termos de entretenimento de bordo (IFE). Com a operação completa de Airbus A380 e Boeing 777, todos os passageiros de todos os voos da companhia podem desfrutar de mais de 2.600 canais de filmes, música, TV, shows e jogos, on demand. Em outubro, a companhia assinou um contrato com a Thales para equipar seus Boeing 777X com o sistema de entretenimento Thales AVANT, que será lançado em meados de 2020.

 

Refletindo o aumento surpreendente de um estilo de vida digital, mais de 8,8 milhões de passageiros da Emirates se conectaram com o Wi-Fi de bordo em 2016. Além disso, mais de 400 mil chamadas de celulares foram feitas de dentro do avião e 1,7 milhão de mensagens SMS foram transmitidas pelos passageiros.

 

Para os passageiros premium, a Emirates inovou em diversos produtos de bordo com foco no luxo. Mudanças na Primeira Classe incluem novos trajes de conforto, com hidratação própria para voos e novos cobertores, incluindo os felpudos em pele de ovelha para Primeira Classe e edredons macios para passageiros da Classe Executiva. A Emirates também realizou uma parceria com a VOYA, linha de produtos de spa de luxo, para banheiros de passageiros da Primeira Classe e da Executiva. Além disso, a linha italiana Bulgari foi redesenhada para os novos amenities kits da companhia. Em 2016, 2,75 milhões de kits foram distribuídos na Primeira Classe e na Executiva dos voos da Emirates.

 

Com foco na gastronomia regional e sazonal, a empresa introduziu um novo menu de comida japonesa para passageiros da Primeira Classe e da Executiva. Para o período festivo de fim de ano, também foi criado um menu especial.

 

Na Classe Econômica, a Emirates lançou o primeiro amenity kit interativo do mundo a fim de oferecer uma experiência de voo mais confortável. O novo kit utiliza realidade aumentada para conteúdo desbloqueado por aparelhos móveis. Para os jovens viajantes, foram distribuídos mais de 3 milhões de brinquedos a bordo.

 

Em solo, os investimentos continuaram aumentando nos lounges, com a reforma de US$ 11 milhões realizada no lounge da Classe Executiva no Concourse B do Aeroporto Internacional de Dubai, que agora inclui barista, ilha especial da água Voss e da champanhe Moët & Chandon. Além disso, também foi inaugurado um lounge em Cape Town.

A companhia aérea também está oferecendo mais flexibilidade para seus passageiros, com check-in estendido de 24 horas para 48 horas antes do voo.

 

Fortalecendo seu programa de fidelidade, a Emirates Skywards marcou 16 milhões de membros com o lançamento do Cash+Miles, que permite a combinação de pagamento em dinheiro e milhas Skywards em qualquer voo da companhia aérea, reduzindo o custo do bilhete e tornando qualquer assento disponível para membros. Houve mudanças também no programa corporativo de fidelidade, Emirates Business Rewards, que agora oferece mais benefício e facilidade no resgate de pontos e upgrades.

 

Apelo da marca

A Emirates liderou o relatório da The Brand Finance Global 500 como a marca de companhia aérea mais valiosa de 2016, com crescimento de mais de 17% de brand value, alcançando os US$ 7,7 bilhões. Durante o ano de 2016, a companhia continuou utilizando ferramentas de esportes, músicas e eventos culturais para engajar com os clientes e fãs.

Em janeiro, a Emirates juntou-se à Boeing para patrocinar o “View from Above”, um dos maiores projetos de filmagem aérea já conduzidos utilizando drones. A filmagem contou com 13 drones em 18 destinos em cinco continentes capturando imagens jamais vistas de locais populares.

Em fevereiro, a Emirates fez sua primeira junção ao Major League Baseball como companhia aérea oficial do Los Angeles Dodgers. Alguns meses depois, sua tripulação fez uma divertida demonstração de segurança com a ajuda de Orel Herscheiser.

Em abril, a companhia aérea celebrou o espírito do críquete com um ‘bem-vindo a bordo’ bem diferente para a ICC World Twently20 Final, entre Inglaterra e Índias Ocidentais, entretendo um estádio de 66 mil fãs.

Em outubro, a Emirates retornou com Jeniffer Aniston, atriz, diretora e produtora de Hollywood, em outra aventura na nova campanha global para mostrar o icônico A380 da marca.

Em um esforço conjunto para promover a leitura e a literatura, ainda foi feita uma parceria com o Google em uma iniciativa chamada ‘Celebrating Arabic Reading’. Esta iniciativa visou atingir milhões de usuários de smartphones e tornar os livros em árabe mais acessíveis com descontos de até 90% na seção on-line na loja Google Play Books em nove países no Oriente Médio, apoiando assim o Ano da Leitura nos Emirados Árabes Unidos. Até o momento, a iniciativa alcançou 120 milhões de pessoas na região.

Em novembro, a Emirates se juntou ao Dubai Miracle Garden para construir uma instalação de flores em tamanho real de um A380, em que a aeronave foi coberta com mais de 500 mil flores frescas. Mais de 200 pessoas trabalharam 180 dias para construir e montar a estrutura de 30 toneladas.

Da assessoria de imprensa

Luis Neves

É agente de turismo e acompanha a evolução da aviação brasileira desde o final da década de 80. Fotografa tudo o que voa e tem uma das maiores coleções de fotos de aviação do Brasil.

Um Comentário:

  1. ééééé 80 a380 é pra poucos cada um mais xique q os proprios hoteis de dubai