Etihad e parceiros assinam apoio à prevenção do comércio ilegal de animais selvagens.

Etihad Boeing 777

Cinco companhias aéreas parceiras de capital da Etihad Airways assinaram a Declaração do Palácio de Buckingham, comprometendo-se a adotar medidas importantes para combater o tráfico ilegal de animais selvagens e esforços para ajudar a proteger muitas das espécies selvagens icônicas do mundo. A Declaração da Força Tarefa Internacional da United for Wildlife sobre o transporte de produtos ilegais de vida selvagem foi assinada na Reunião Geral Anual da IATA em Dublin.

A Alitalia, airberlin, Air Serbia, Air Seychelles e Virgin Australia assinaram a Declaração seguindo o exemplo da Etihad Airways, que se tornou signatária em março deste ano.

United for Wildlife é uma aliança entre organizações protetoras e a The Royal Foundation do Duque e da Duquesa de Cambridge com o Príncipe Harry. A iniciativa visa abordar questões atuais de preservação da fauna com foco inicial em apoiar os esforços para impedir o crescente comércio de vida selvagem e produtos ilegais em todo o mundo. A Força Tarefa de Transporte, lançada no Banco Mundial em dezembro de 2014, identificou ações específicas que o setor de transportes pode desenvolver em apoio ao que Sua Alteza Real o Duque de Cambridge chama de “corrida contra a extinção”.

A Jet Airways assinou a Declaração em abril, para coincidir com a visita à Índia do Duque e da Duquesa de Cambridge.

O Presidente e CEO do Etihad Aviation Group, James Hogan, disse: “Ter seis das companhias aéreas parceiras de capital da Etihad como signatárias garante um resultado mais amplo e impactante sobre 348 destinos. Liderados pelo nosso Chefe de Sustentabilidade, estamos desenvolvendo um plano de ação para todo o grupo para ajudar a prevenir esta prática abominável”.

O Honorável Lorde Hague of Richmond, presidente da Força Tarefa de Transporte da United for Wildlife recebeu com alegria o compromisso da Etihad Airways e de suas companhias aéreas parceiras dizendo: “A luta contra o comércio ilegal de animais selvagens em todos os modos de transporte é essencial para lidar com o problema. Eu parabenizo a Etihad Airways e suas companhias aéreas parceiras por assinarem esta declaração e darem um passo ativo no apoio a esta iniciativa”.

A Declaração inclui onze compromissos de apoio aos esforços globais de prevenção ao contrabando ilegal de animais selvagens, incentivando a indústria do transporte a ajudar a fechar rotas exploradas por traficantes. As companhias aéreas poderão dar seu apoio de várias maneiras, como na conscientização dos passageiros, fornecendo maior capacitação nos aeroportos e trabalhando em estreita colaboração para apoiar os esforços das autoridades alfandegárias e de aplicação da lei.

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é assessor de editoria do AEROIN.

Comente