Etihad Flight College encomenda os jatos Phenom da Embraer.

Etihad Flight College - Embraer 100E - LR
A Etihad Flight College, uma subsidiária de propriedade integral da Etihad Airways, a companhia aérea nacional dos Emirados Árabes Unidos, assinou um contrato de compra de quatro aviões Embraer Phenom 100E, e opções para mais três aeronaves do mesmo modelo.

O negócio é avaliado em cerca de US$ 30 milhões, com base em preços de tabela e se todas as opções forem exercidas. As entregas das aeronaves para a Etihad Flight College começarão no 1º trimestre de 2016.

Sediada em Al Ain, a Etihad Flight College foi criada para treinar pilotos ab initio para a frota em rápida expansão da companhia aérea e atualmente oferece treinamento de asa fixa para até 120 cadetes dos Emirados e internacionais todos os anos.

A entrega dos quatro novos aviões Embraer Phenom 100E elevará para 20 o número de aviões da frota de treinamento, que também inclui 10 Cessna Skyhawk 172SP e seis aeronaves Diamond DA42NG.

“Como a companhia aérea nacional dos Emirados Árabes Unidos, é vital que nós estabeleçamos um centro de treinamento de classe mundial para apoiar o treinamento e o desenvolvimento da força de trabalho local dos Emirados, além de ser uma fonte de pilotos bem-treinados e altamente qualificados para nossas operações em crescimento”, disse Richard Hill, diretor de Operações da Etihad Airways.

“A tecnologia, o desempenho e a confiabilidade do Phenom 100E fazem dele uma plataforma de treinamento inicial ideal para preparar os nossos cadetes para operações de linha”.

“Estamos muito satisfeitos com a escolha do Phenom 100E pela Etihad Flight College”, disse Marco Túlio Pellegrini, presidente e CEO de jatos executivos da Embraer. “O Phenom 100E tem provado ser a aeronave ideal para treinamento de pilotos de jato, oferecendo tecnologia avançada de cabine de comando, juntamente com alto desempenho e alta confiabilidade, a um custo operacional baixo”.

A Etihad Flight College é a primeira organização no mundo a utilizar aeronaves multimotores na fase principal de seu programa de treinamento inovador Multi-Crew Pilot Licence (MPL), garantindo que os estudantes aprendam as principais competências exigidas para um piloto do atual mercado da aviação, que está em constante mudança.

O programa MPL foca no treinamento específico para operador da companhia aérea, ao invés do modelo tradicional de treinamento focado na aviação geral, em um formato genérico. Ele produz pilotos não só com habilidades para pilotar um avião comercial moderno de acordo com os padrões mais exigentes, mas também com as competências e atitudes exigidas para um piloto profissional.

A Etihad Airways emprega atualmente mais de 2.200 pilotos e opera uma frota de 116 aeronaves Airbus e Boeing, com mais de 200 aeronaves com pedidos confirmados.

Luis Neves

É agente de turismo e acompanha a evolução da aviação brasileira desde o final da década de 80. Fotografa tudo o que voa e tem uma das maiores coleções de fotos de aviação do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *