Caça atende urgência médica na Noruega.

F-16

Caça semelhante ao citado na matéria.

Uma equipe médica norueguesa requisitou um avião de combate F-16 para transportar um equipamento indispensável para salvar a vida de um paciente. O caso, ocorrido no dia 4 de abril, envolveu um paciente que necessitava de uma técnica de suporte vital designada oxigenação por membrana extracorporal, ou ECMO, do inglês “extracorporeal membrane oxygenation”.

O hospital em questão, situado em Bodo, no centro da Noruega, não tinha o equipamento para realizar o procedimento, mas outro hospital, em Trondheim, 450 quilômetros ao sul do primeiro, dispunha da máquina, uma espécie de pulmão artificial. Porém seriam 10 horas do viagem por terra, tempo impossível para a situação crítica do paciente.

O hospital de Trondheim contactou então a força aérea pedindo ajuda para levar o equipamento. O pedido chegou em um momento em que dois caças F-16 se preparavam para decolar de uma base aérea próxima para a realização de um treinamento.

“Não fizeram perguntas, apenas quiseram saber o tamanho da máquina”, disse à imprensa o diretor da unidade de anestesia do hospital de Trondheim, Anders Wetting Carlsen. Um dos F-16 tinha um compartimento de carga externo que permitiu transportar o equipamento até Bodo.

Já foram muitas as situações em que as forças armadas auxiliaram em emergências médicas no passado. Porém a utilização de um F-16 para tal função foi inédita!

“Normalmente fazemos essa distância em 35 minutos, mas dada a natureza especial da carga, o piloto acelerou e chegou ao destino em menos de 25 minutos”, disse o chefe da esquadra, Borge Kleppe. O equipamento foi recebido pela equipe médica de Bodo apenas 40 minutos após a chamada.

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é assessor de editoria do AEROIN.

17 Comments:

  1. Noruega é diferenciada. La usam f16 para transp. Aqui desligam 11 radares por falta de $

  2. Quanto de fuel essa nave deve ter gastado para atender essa urgência?

  3. Que história legal, por mais casos assim!!

  4. No Brasil a ANAC não ia deixar….