Flyways suspende venda de passagens.

ATR-72-Flyways

A companhia aérea FLYWAYS suspendeu recentemente a venda de passagens em seu website. A empresa, que começou a operar voos no ínicio do ano, já havia suspendido as operações em Julho e retomado em Outubro, devido à necessidade de manutenção em sua única aeronave e a entrada de novos sócios.

Simulamos diversas buscas no site da companhia, nenhuma tendo retornado resultados de passagens, para nenhum voo. Por sua vez, sua única aeronave, um ATR de matrícula PR-TKN, encontra-se estacionada no pátio do Aeroporto da Pampulha em BH, há algumas semanas. A companhia inicialmente operou voos para Uberaba, Uberlândia e Rio de Janeiro a partir de Belo Horizonte.

No mês de Setembro surgiram rumores que a empresa fora comprada por investidores estrangeiros e que iria operar jatos CRJ-200, fato que não foi confirmado pelo suposto investidor canadense em e-mail enviado à redação do AEROIN.

Quando retomou as operações em Outubro, a empresa manteve apenas os voos regulares para Uberaba e Uberlândia, e chegou a anunciar um frete para o Rio de Janeiro, para um público de um grande festival de música eletrônica realizado na cidade, porém este voo nunca fora realizado.

No final do mês de Outubro, um Juiz Federal deu o um entendimento de que a Flyways estaria envolvida em pagamentos de propina para funcionários da Eletronuclear, esquema que está sendo investigado no âmbito da Operação Lava-Jato da Polícia Federal.

34 Comments:

  1. Oxi…mas não acabou de voltar? rsrs

  2. “porém este voo nunca ‘fora’ realizado.”
    Ficou meio estranho esse final.

  3. Oxente gente, não tinha sido comprada por outra empresa e iria voltar?

  4. Que pena, aguardava o retorno da Flyways no trecho GIG / IPN que tinha um preço super competitivo, hoje somente a Azul opera no trecho elevando e muito os valores da passagem

  5. Operar com uma única aeronave é complicado…Que não volte de vez.

  6. Rafael Ramos lembra q falei q não ia

  7. Esse golpe faliu e não volta mais. Graças a Deus.

  8. A empresa não paga nem os funcionários, fica difícil. Além de possíveis envolvimentos em fraudes.

  9. Não tem uma empresa nova que aguente ficar 6 meses em operação nesse País. É perda de tempo e dinheiro.

  10. Meus amigos! Esqueceram do caso”WEBJET”?essa CIA nasceu para morrer e deixar seus DIRETORES Bilionários! Tenho pena quem está no OPERACIONAL (Pilotos,mecânicos,apoio..etc)esses sim vão preso se não pagarem suas contas mensais! Galera CAIA FORA DESSA ARAPUCA! !

  11. Essa cia muda muito suas rotas, teria que te uma fixa, como exemplo, confins – são Paulo, que são um dos vôos que mais tem lucro, mas com apenas uma aeronave fica ruim, devia de comprar pelo menos 3 atr 42-300 como a trip começou, a demanda aumentou e foi aumentado a frota de aeronaves, mas se ficar pulando de galho em galho da ruim

  12. boa noite carlos elias Deus abençõe a sua vida amém

  13. Pingback: FLYWAYS tem Certificado de Operador Aéreo cancelado pela ANAC. - AEROIN

Comente