GOL anuncia configuração de seu Boeing 737 MAX-8.

A GOL Linhas Aéreas Inteligentes anuncia hoje a utilização de novas tecnologias de cabine e assentos para configurar a sua frota de novas aeronaves 737 MAX-8 e aeronaves Boeing 737-800 Next Generation (NG), aumentando o número de assentos em 5%, dos atuais 177 para 186 assentos.




A nova configuração estará concluída até julho de 2018 e manterá os espaços GOL+Conforto em toda a frota da Companhia, que possuem distância de 34 polegadas de pitch (espaço entre poltronas de 86,3cm) e reclinação do encosto 50% maior, além de classe GOL Premium em todos os voos internacionais.

A GOL possui uma frota única e padronizada de aeronaves Boeing 737, sendo 93 do modelo 800 NG e 28 do modelo 700, fazendo com que a Companhia líder em custo, pontualidade e eficiência operacional no Brasil. Frota única e padronizada é fundamental para operar no modelo de baixo custo (“Low Cost Carrier – LCC”), pois permite a otimização da tripulação e da manutenção, além de possibilitar flexibilidade operacional e alta utilização das aeronaves. Atualmente, a GOL é a principal cliente da família 737 na América Latina e uma das cinco maiores no mundo.

A GOL é a empresa aérea com a maior oferta de assentos na categoria “A” no mercado, de acordo com o padrão de classificação da ANAC. Com essa reconfiguração, o 737-800 NG da GOL reduzirá o custo operacional e terá o mesmo custo por assento comparativamente ao modelo A320neo, considerando as etapas médias atuais da maioria das rotas domésticas e da América do Sul.

“O Boeing 737 MAX-8, equipado com tecnologias de última geração, proporciona um desempenho operacional ainda melhor em relação ao modelo A320neo, com significativos 8% a menos de custo por assento”, afirma Celso Ferrer, vice-presidente de planejamento da GOL.

A GOL tem uma encomenda de 120 aeronaves 737 MAX-8 para entrega até 2028, sendo que 25 delas entre 2018 e 2020. A Companhia tem flexibilidade no seu plano de frota e vai aumentar o número de entregas neste período, reduzindo ainda mais os seus custos operacionais. “A GOL é um parceiro fundamental e de alto valor para a Boeing e estamos comprometidos com o sucesso da transição para o 737 MAX, que será a aeronave líder em eficiência e conforto em sua categoria” segundo Van Rex Gallard, vice presidente de Boeing.

As novas aeronaves 737 MAX-8s da GOL, que começarão a chegar no segundo semestre de 2018, também estarão configuradas com 186 assentos e espaços GOL+Conforto, além de classe GOL Premium em todos os voos internacionais. As aeronaves 737 MAX-8 possuem autonomia de voo de até 6.500 km (em comparação aos 5.500 km do 737-800 NG), sendo assim, a GOL poderá oferecer voos sem escalas do Brasil para os mercados de Miami, Ft. Lauderdale, Orlando e Cancun, destinos muito populares para os brasileiros.

 
Informações pela Assessoria de Imprensa da GOL Linhas Aéreas Inteligentes.
 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é assessor de editoria do AEROIN.

46 Comments:

  1. Quem não paga premium ou + conforto vai que nem sardinha!

  2. Só eu que achei feio esses winglets? O Boeing é bonito

  3. Quem não pegar assento Premium… vai enlatado mesmo.

  4. Ir num 738 com 186 assentos pra Miami não deve ser nada agradável…

  5. Se gabavam de ter o maior número espaço entre as poltronas (sem espaço +), após tirar os assentos. Agora, como disseram aí, coitado de quem não for em espaço +.

  6. Porquê essa companhia não adquiri aviões maiores, tendo em conta que eles têm voos de longo curso? Não entendo isso, eu jamais faria um voo, por ex: Natal > Buenos Aires num 737.
    Imagino que devem perder clientes por causa disso.

    • É por uma questão de economia, a Gol tem a frota exclusivamente de 737 para diminuir os custos com manutenção e etc. Como vc deve saber a Gol é uma low cost e por isso reduz os custos ao máximo possível para baratear o preço das passagens (o que muitas vezes não ocorre)

    • Mas fala a verdade. E um saco ficar guarulhos miami no 737 da gol!

    • João, o passageiro não liga se vai fazer de 737 ou de 767, ele quer chegar no destino, principalmente os clientes da Gol. Eles preferem pagar uma passagem relativamente mais Barata e chegar na hora, por exemplo. O mercado foco da Gol são passageiros que não ligam muito pra tudo isso. Apenas querem chegar.

    • “O passageiro não liga” só se esse passageiro é você, Qual passageiro não liga pra conforto?
      Voa numa classe econômica por mais de 10 horas pra você mudar de pensamento, de preferência na janela ou corredor com 2 adultos grandes.

      • Eu não ligo tb. E com o espaço que a gol tem, pra mim que sou alto, ja fui melhor acomodado na econômica da gol do quque na econômica de um 67 da tam ou da AA…

    • é melhor voar em um B737 ou A320 novo doque em um sucatão como é o B767

    • “o passageiro não liga” ata. A Turkish e Qatar fazem voos para Buenos Aires em um 777 e cobram, em média, o mesmo preço que a Gol. Quem em sã consciência preferiria ir de 737 a um 777, isso em um voo curto, imagina longo!

    • Pq avioes maiores são muito caros custão milhões até mesmo bilhões e se eu fosse vc não teria medo de viajar num 737 pra fora pq eles tem uma autonomia muito grande acho que vc deveria ver pra falar dos 737 primeiro

    • Dependendo da configuração da aeronave, dá pra aguentar fácil a rota. A Copa faz suas rotas, inclusive as internacionais, com 737.

    • Se fosse com 168 assentos seria sossegado… O problema é a configuração de assentos…

    • A questão em si nem é tanto ser um 737, e sim, o desconforto.
      Me refiro a um 737 ter as poltronas apertadas, sem conforto, e o que mais influencia (pelo menos para mim) entretenimento individual, fazer um voo longo sem entretenimento individual nem à pau, muitos que falam nunca devem ter feito voos longos como 10 ou 12 horas.

      E outra… onde que a Gol é Lowcost? Só se for no papel, pois na realidade nunca o vi. Se a Gol quiser ser Lowcost que tenha umas aulas com a Ryanair, com voos a 9€.

    • Acredito que não há possibilidades de termos uma companhia aérea nos moldes ‘low cost-low fare’ justamente pelos encargos/tributos e impostos afins, os quais as cias aéreas do Brasil têm de arcar nos cálculos operacionais. A realidade da nossa aviação comercial é inteiramente distante dos maiores mercados do mundo. Acredito que temos até sorte de ‘termos’ algumas companhias aéreas.

      Bom, acredito que é bobagem reclamar da aeronave utilizada pela empresa, justamente porque nós os passageiros temos outras opções se discordarmos de voar ou não pela GOL. Na américa do norte é comum voos com narrow-body 737, a319/20/21, Embraer e Bombardier entre países como Canadá e américa central e caribe e claro, diversos voos dos E.U.A. para o México e caribe. Nem cito as cias da europa ou ásia.

    • Seria mais.facil a Gol pegar os 737-900Max para 220 Pax sem precisar ficar apertando mais e mais.

  7. Low cost mentiroso e apertado, em varias rotas tem passagens mais caras que as concorrentes

  8. Não ficou claro se vão reduzir a distância entre os assentos que não são GOL+ . Tenho esperança de que esse aumento de capacidade seja por algo parecido com o Spaceflex da Airbus, que modifica a configuração de cabine mantendo o pitch.

  9. Deveriam ter feito encomendadas pelo A321neo da Airbus, acho que seria a melhor opção para a Gol.

  10. Deve ser um lixo ficar 7 horas na lata de sardinha da Gol. E o operacional falando ser 8% mais eficiente que o A320neo. Isso é só porque o A320neo e mais popular.

  11. Não confundam low cost com low fare. Ta especificado na reportagem que a empresa trabalha no modelo LCC -Low Cost Carrier e a padronização de frota é um dos pilares fundamentais para esse tipo de negócio, já que há uma padronização de peças, treinamentos e equipes. Há muito tempo nos comunicados a imprensa feita pela empresa ou em outras reportagens, pelo menos nas quais eu lí, a Gol não é citada como empresa low cost low fare.

  12. Alguém Me explica como vai ser isso ? Voo internacional com duas categorias apenas? Gol e Gol premium? O que seria gol premium? Duas barras de cereais a mais?

Comente