GOL Linhas Aéreas resiste à turbulência e apresenta bons resultados.

GOL 737

A GOL informou que obteve lucro liquido de R$757 milhões no primeiro trimestre de 2016, revertendo prejuízo de R$672,7 milhões no mesmo período do ano de 2015.

No entanto, em seu comunicado de resultados trimestrais a GOL registrou uma valorização do real frente ao dólar de R$653,5 milhões. Excluindo as variações cambiais e um evento não recorrente (R$212.6 milhões de lucro para o retorno de aeronaves sub arrendadas e em transações de sale-leaseback), a GOL registrou um prejuízo líquido no primeiro trimestre 2016, antes dos impostos, de R$42.7 milhão.

“Os resultados refletem a adoção de medidas para melhorar a posição de liquidez da empresa e trazer sua estrutura de capital de acordo com o ambiente macroeconômico do Brasil, que foi impactado negativamente pela instabilidade política e consequente volatilidade econômica”, disse o CEO da GOL Paulo Kakinoff, acrescentando que a empresa iniciou medidas “para superar o ambiente de recessão .”

“A conclusão do plano de reestruturação em curso irá garantir à GOL emergir da crise política e econômica atual na melhor posição competitiva”, segundo Kakinoff. “Sinto-me confiante de que a empresa vai sair fortalecida.”

A receita do primeiro trimestre da GOL foi de R$2.88 bilhões, aumento de 8,8% em termos homólogos. As despesas operacionais caíram 3,3% no período, para R$2.27 bilhões. O resultado operacional da empresa antes do retorno de aeronaves arrendadas foi de R$437.2 milhões, mais do que dobrando sua receita operacional do 1º trimentre de 2015 (ajustado, o resultado operacional foi de R$224.6 milhões).

O tráfego de passageiros da GOL no primeiro trimestre de 2016 caiu 6,6%, para 9,5 bilhões de RPKs. Com a diminuição de capacidade em 5,9%, para 12,26 bilhões de ASKs, a taxa de ocupação total de passageiros foi de 77,5% no trimestre, uma queda de 0,6 pontos no período. A contagem total de passageiros da GOL no primeiro trimestre foi de 9 milhões, queda de 10,7% em termos homólogos.

Luis Neves

É agente de turismo e acompanha a evolução da aviação brasileira desde o final da década de 80. Fotografa tudo o que voa e tem uma das maiores coleções de fotos de aviação do Brasil.
  • Que bom.

  • Ue! Até um tempo atrás eram só notícias negativas quanto a GOL, agora milagrosamente começam as ” boas notícias “, kkkk

    • Ela continua muito endividada, mas graças a méritos PRÓPRIOS, conseguiu auferir lucro nas operações. Devolveu aeronaves, cortou rotas e cancelou bases. Em suma, tornou-se uma empresa menor para sobreviver. Como milhares de outras no Brasil do PT.

    • Certo! E os bons resultados só começaram a se tornar noticia agora né? ” Tá serto” kkkk

    • Ela divulga os resultados trimestralmente, porque tem ações lançadas na Bolsa de Valores. Nem sei pra que explicar essas coisas para quem toma um partido como religião…

    • Também, com o valor que ela está cobrando atualmente, impossível não sair da lama. Pra quem dizia-se “low cost”, tá perdendo até no preço para a TAM..

  • Marisa Bourg

  • Hummm papel, e ouvidos “MÔCOS” ACEITA TUDO!!

  • Foi só o PT sair que o país voltou a prosperidade!

  • Com o preço da passagem desse valor né! Impossível não lucrar.

  • AMÉM

  • Graças a Deus…

  • que bom! Fico muito feliz por essa notícia! Torço muito por essa cia!