Governo eleva de 20% para 49% o limite de investimento estrangeiro em empresas brasileiras.

685
Na tarde de ontem (1º), a presidente Dilma Rousseff assinou a medida provisória 714/2016, na qual aumenta o limite de participação de empresas estrangeiras em companhias aéreas nacionais. Pela MP, o percentual mínimo do capital que deve ser mantido em nome de brasileiros passa de 80% para 51%. Na prática, isso significa que as empresas estrangeiras podem ser detentoras de até 49% da sociedade.

Como resultado, as ações da GOL disparavam mais de 15% na tarde desta quarta-feira. Essa alta deve-se ao fato de o mercado esperar um aumento significativo do capital da empresa brasileira, principalmente proveniente da sua já sócia Delta Airlines. É bom lembrar que a Delta teve o maior lucro de sua história no ano passado, motivado principalmente pela queda significativa no preço do barril de petróleo.

Por sua vez, outra empresa que pode sair beneficiada da medida é a AZUL Linhas Aéreas, que já tem participação da United Airlines e do grupo chinês HNA. A United também apresentou esse ano um dos maiores lucros de todos os tempos.

A Medida Provisória, contudo, não resolve todos os problemas do setor, que ainda sofre com a alta do dólar, o elevado preço do combustível e a alta carga tributária.

Um Comentário:

Comente