GRU Airport confirma voos regulares do A380.


A partir do dia 26 de março, o GRU Airport – Aeroporto Internacional de São Paulo passa a receber regularmente o voo diário da Emirates com o Airbus A380, a maior aeronave comercial do mundo em operação. A rota Dubai-Guarulhos também será a primeira operação comercial de um A380 na América do Sul e marca os 10 anos de atuação da Emirates no Brasil em 2017.

O voo EK261 com o A380, em substituição ao atual Boeing 777-300ER, sairá de Dubai (DXB) às 8h35 e pousará diariamente em Guarulhos às 16h30. A partida (voo EK262) de GRU está marcada para a 1h25 com chegada prevista em Dubai às 22h55. O A380 da Emirates terá capacidade para 491 passageiros, sendo 14 assentos para a Primeira Classe, 76 para a Business e 401 para a Econômica.

Para o presidente do GRU Airport, Gustavo Figueiredo, a operação regular do A380 demonstra a confiança da Emirates na infraestrutura oferecida pelo aeroporto. “É uma importante conquista e o resultado de investimentos feitos pela Concessionária nesses quatro anos, bem como da eficiência operacional que temos demonstrado às companhias que atuam em Guarulhos”, destaca o executivo. Para receber aeronaves de grande porte, o Terminal 3, inaugurado em maio de 2014, conta com cinco posições com pontes de embarque e seis remotas. Além disso, a Concessionária realizou obras nas pistas de pouso/decolagem e de taxiamento e modernizou o sistema de pouso por instrumentos (ILS), com a instalação da categoria III-A.

Do ponto de vista econômico, a operação de uma aeronave do porte de um A380 na rota GRU-Dubai encontra respaldo no crescimento da demanda para Ásia e para o Oriente Médio registrado no ano passado. A operação com uma aeronave de maior capacidade está em linha com a estratégia adotada por outras companhias aéreas em 2016 para a América do Sul e Central, Europa e África. É preciso considerar ainda que Guarulhos é o maior aeroporto da América do Sul e o principal hub do País, conectando São Paulo às maiores cidades da Europa, dos Estados Unidos e de países sul-americanos e, cada vez mais, aos mercados emergentes como o Oriente Médio e a África.

De acordo com o vice-presidente sênior de operações comerciais da Emirates Divisão para o Ocidente, Hubert Frach, “a mudança para o A380 irá oferecer um total de 959 assentos adicionais por semana em cada direção, atendendo à uma crescente demanda dos viajantes na rota e demonstrando nosso compromisso com o Brasil e com a América do Sul”. Para ele, “o Emirates A380 é um avião icônico que continua a atrair os nossos clientes, além de ser uma referência em conforto nos voos comerciais. Estamos ansiosos para oferecer a experiência reconhecida do Emirates A380 aos nossos clientes e continuar a contribuir para o sucesso econômico do Brasil”.

A Emirates possui a maior operação com o A380 no mundo, com 89 aeronaves (outras 53 foram encomendadas à Airbus). Desde 2008, a companhia aérea transportou mais de 65 milhões de passageiros com este tipo de aeronave. Com o início da operação do A380 da Emirates em Guarulhos, os viajantes brasileiros com destino a cidades asiáticas, via Dubai, por exemplo, poderão fazer todo o trajeto dentro da maior aeronave comercial do mundo.

Informações da assessoria de imprensa do GRU Airport.

Luis Neves

É agente de turismo e acompanha a evolução da aviação brasileira desde o final da década de 80. Fotografa tudo o que voa e tem uma das maiores coleções de fotos de aviação do Brasil.
  • Imagina 800 pessoas de uma vez fora os outros voos internacionais com 300 pessoas cada passando na imigração e sala de embarque de uma vez.

    • Walmir, na verdade o A380 do voo de SP vem com 491 assentos. Não deixa de ser muita gente.

    • Ah entendi, obrigado pelo esclarecimento…

    • Aeroin Brasil diferença pequena pro 77W na real, que leva 360 se nao me engano.

    • Thiago Ramos existem 3 configurações do A380, a do voo para São Paulo será com 491 assentos, 131 assentos a mais em relação ao 77W da Emirates, equivalente a um “A319 de diferença” na capacidade por assim dizer.

    • Aeroin Brasil sim, quase diferença nenhuma.

    • Aeroin Brasil Além de que, a partir desta data também a Etihad não operará no GRU Airport – Aeroporto Internacional de São Paulo

  • Eita que agora, mais que nunca, vou visitar GRU!! E o Thiago vai comigo!!!

  • Finalmente uma CIA aérea resolveu mandar essa máquina para o Brasil regularmente, já era hora ne, mais se for levar por um lado a Emirates tem milhares de a380 esse é só mais um e tipo a tá sobrando avião vamo manda pra lá né pra dar um up, mais é uma boa novidade é uma boa jogada de marketing

  • Ótimo

  • Dia do aeroin este ano vai estar mais concorrido que nunca

  • dia 26 vai chover neguinho lá e eu to no bolo! kkkkk

  • SEGUNDO UMA NOTICIA , ELA SÓ IRA OPERAR COM OS 380 EM SUA FROTA.!

  • Ai no gru e barato, quero ver aqui na galeao onde a riogaleao mete a mão.kkkk

  • Caraaa a gente tem q voar… José Neto

  • Gente, o Brasil (financeiramente falando) tem condições de receber o a380?

    • Vamos descobrir

    • nao tem a ver com financeiramente. Temos dois aeroportos que possuem certificação para recebê-lo. E DXB é a melhor conexao Brasil-Asia. Entao demanda tem.

    • Sim principalmente com a saída dá Etihade

    • Mas mesmo assim fico meio desconfiado…

  • E showww

  • Para Marcelo Lopes, Fabio Mello Fontes, Ivan Freddi.

  • Top potencia