GRU Airport preparado para receber delegações dos Jogos Rio 2016.

IMG_2995
O GRU Airport – Aeroporto Internacional de São Paulo estruturou uma operação especial para receber as delegações que participam dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

Embora a Vila Olímpica tenha abertura programada somente para o dia 24 de julho, a expectativa é que alguns atletas cheguem a partir de uma semana antes, 17/7. Ao todo, serão mais de 200 delegações e mais de 15 mil atletas desembarcando no Brasil, e estima-se que Guarulhos receba entre 30% e 40% deste público.

Para recebê-los, o aeroporto contará com uma equipe de 670 funcionários. Cerca de 400 deles foram treinados especificamente para fazer o atendimento das equipes e outros 120 fizeram curso Instrumental de Inglês ou Espanhol.

Os funcionários participaram ainda de treinamentos específicos para receber atletas paralímpicos, incluindo um workshop de Libras. Também foram adquiridos equipamentos para o transporte de pessoas com mobilidade reduzida, tais como ônibus adaptados para cadeirantes e cadeiras de rodas para obesos, além das existentes para portadores de necessidades especiais, entre outros.

 

IMG_2943

 

Para agilizar o fluxo das delegações que farão conexão entre o GRU Airport e os aeroportos do Rio de Janeiro, foi criada uma linha especial de atendimento rápido (fast track). A Polícia Federal destacará guichês exclusivos para atender às representações e haverá, da mesma maneira, uma área dedicada para os processos da Receita Federal, Vigiagro, Anvisa, Ibama e Exército. As equipes de Futebol, modalidade que terá jogos em São Paulo e outras capitais, também terão atendimento estratégico.

Além dos funcionários do aeroporto, o atendimento às delegações e aos VVIPs contará com a equipe da própria Rio2016: um gerente para Terminais; dois coordenadores; seis supervisores; e 74 voluntários. A equipe de Cerimonial (atendimento a VVPIs) contará ainda com: um gerente de Protocolo; dois coordenadores; e 12 supervisores.

 

IMG_2952

 

Imprensa – Esta estrutura de recepção também estará preparada para acompanhar atletas e delegações que eventualmente despertem grande interesse da imprensa, provoquem aglomeração de fãs ou demandem atenção especial por questões geopolíticas.

Especialmente para a imprensa (local e internacional), haverá uma Zona Mista para captação de imagens (Photo Opportunity) e para entrevistas. Além disso, o GRU Airport vai inaugurar uma sala de imprensa, localizada no mezanino do check-in “E” do terminal 2, para que os jornalistas possam trabalhar durante a permanência aeroporto. A sala tem 140 metros, wi-fi ilimitado, computadores de mesa com acesso à internet, televisores com programação de canais por assinatura, painel eletrônico de partidas e chegadas de voos, ar-condicionado e sistema de som e projeção de vídeos.

 

IMG_2908

 

O aeroporto não deve receber voos extras para o período dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. Por outro lado, a expectativa é a de que a maioria dos voos chegue a Guarulhos com taxa de ocupação perto dos 100%.

Todos os investimentos realizados pelo aeroporto para os Jogos foram alinhados de acordo as premissas do Comitê Técnico para Operações Especiais (CTOE), da Secretaria de Aviação Civil (SAC), que, por sua vez, cumprem as exigências do Comitê Olímpico Internacional (COI).

 

IMG_2997

Luis Neves

É agente de turismo e acompanha a evolução da aviação brasileira desde o final da década de 80. Fotografa tudo o que voa e tem uma das maiores coleções de fotos de aviação do Brasil.