Grupo Lufthansa transporta quase 10 milhões de pessoas em março.

As companhias aéreas do Grupo Lufthansa transportaram 9,6 milhões de passageiros em março, 14% mais do que o mesmo período no ano passado, apesar do período de viagens de Páscoa ter começado no início de abril. No primeiro trimestre, 25,2 milhões de passageiros viajaram com o Grupo Lufthansa, uma alta de 13% se comparado com o ano anterior.




A capacidade total para o mês foi aumentada em 9,9% em assentos por quilômetro por passageiro (ASK) disponíveis e o volume total de tráfego, medido em faturamento por passageiro por quilômetro (RPK), aumentou 11%. A taxa de ocupação cresceu na mesma proporção, aumentando 0,8 pontos percentuais para 77,2% se comparado com março de 2016.

A capacidade de carga aumentou 6,7% de um ano para o outro, enquanto as vendas de carga subiram 13,3% em termos de faturamento-tonelada-quilômetro. Como resultado, a taxa de ocupação mostrou um crescimento correspondente, com alta de 4,3 pontos percentuais para o mês. As vendas tiveram alta de 8,3% e a taxa de ocupação cresceu 3 pontos percentuais se comparada com 2016.

 
Companhias aéreas de hub (centros de distribuição)

As malhas aéreas da Lufthansa, SWISS e Austrian Airlines transportaram 7,4 milhões de passageiros em março, 4,5% mais do que o mesmo período do ano anterior. Um total de 19,7 milhões de passageiros viajaram com as companhias aéreas no primeiro trimestre, chegando a 3,5 pontos percentuais a mais que no ano anterior.

A capacidade aumentou 1,5%, enquanto o volume de vendas subiu 2,9%, fazendo a taxa de ocupação subir um ponto percentual. Durante o primeiro trimestre, a capacidade aumentou 1,2% e o volume de vendas 3,3%, resultando em um taxa de ocupação de 76,5% e uma alta de 1,5 pontos percentuais.

A Lufthansa transportou 5,2 milhões em março, um aumento de 4,1% se comparado com o mesmo mês do ano passado. 13,7 milhões de pessoas voaram com a Lufthansa no primeiro trimestre deste ano, 2,8% mais do que no mesmo período do ano passado.

Em março, a capacidade foi levemente reduzida em 0,1%, enquanto as vendas aumentaram 2,1%. Além disso, a taxa de ocupação subiu para 78,2%, ficando 1,8 pontos percentuais acima do nível do ano anterior. No primeiro trimestre, a taxa de ocupação subiu 2 pontos percentuais, comparada com o mesmo período do ano passado. A capacidade foi reduzida em 0,8% e o volume de vendas subiu 1,9%.

 
Companhias aéreas ponto a ponto




As companhia aéreas do Grupo Lufthansa que voam ponto a ponto – Eurowings (incluindo Germanwings) e Brussels Airlines – transportaram 2,2 milhões de passageiros em março. Deste total, 2 milhões de passageiros estavam em voos de curta distância e 0,2 milhão voaram longa distância.

Isso mostra um crescimento de 66% em comparação com o ano anterior, o que, junto com o crescimento orgânico, é resultado da inclusão da Brussels Airlines e a capacidade adicional através dos acordos de leasing com a Air Berlim. Ao todo, 5,5 milhões de passageiros foram transportados no primeiro trimestre. Deste total, 5 milhões foram em voos de curta distância e 0,6 em voos de longa distância.

Em março, a capacidade estava 113% acima da registrada no ano anterior, enquanto o volume de vendas cresceu 109%. A taxa de ocupação caiu 1,5 pontos percentuais. No trimestre inteiro, a capacidade foi ampliada para 112,% e o volume de vendas para 112,4%. A taxa de ocupação caiu 0,1 pontos percentuais comparado com o primeiro trimestre do ano passado.

Nos voos de curta distância nas companhias aéreas ponto a ponto, a capacidade foi aumentada em 68,3% e o volume de vendas em 64,6%, resultando em uma queda de 1,6 pontos percentuais da taxa de ocupação em comparação com março de 2016. Considerando o primeiro trimestre, tanto capacidade quanto volume de vendas cresceram 68,3% e 69,1%, respectivamente, resultando em um aumento da taxa de ocupação em 0,3 pontos percentuais.

A taxa de ocupação para os serviços de longa distância caiu 9,8 pontos percentuais, seguindo uma alta de 282,7% da capacidade e 242,3% de alta no volume de vendas, se comparado com o ano anterior. Em termos de voos de longa distância no primeiro trimestre, a capacidade total aumentou 259% em ASK (available seat-quilômetro) e o volume de vendas subiu 215,9%, resultando numa queda de 11,3 pontos percentuais na taxa de ocupação.

 
Informações pela Assessoria de Imprensa do Grupo Lufthansa.
 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é assessor de editoria do AEROIN.

Um Comentário:

  1. Leonardo Scavoni ele é lindo demais ✈️

Comente